Cantor Lucas Mamede lança seu aguardado álbum de estreia "Já ouviu falar de amor?"

Cantor Lucas Mamede lança seu aguardado álbum de estreia "Já ouviu falar de amor?"

Fenômeno nas redes sociais, o pernambucano reuniu um time de gigantes da música brasileira nas suas primeiras composições autorais

Correio do Povo

Álbum de estreia traz parceria com outros músicos brasileiros, como Ana Caetano, Paulinho Pedra Azul e Tó Brandileone

publicidade

Lucas Mamede, de apenas 20 anos e já conhecido nas redes sociais, se mostra agora também compositor. O rapaz assina sozinho 10 das 12 músicas do seu álbum de estreia "Já ouviu falar de amor?". Para completar, Ana Caetano, do duo Anavitória, o presenteou com a inédita "Dia de Chuva". E há ainda uma releitura de "Jardim da Fantasia", canção do mineiro Paulinho Pedra Azul, por sugestão de Felipe Simas, empresário artístico responsável por descobrir e lançar a dupla Anavitória, e que agora faz de Lucas Mamede sua mais nova aposta.  "Já ouviu falar de amor?" tem como característica ser um disco de música brasileira com influência e diálogo com a música pop contemporânea. Uma zabumba em citação ao Quinteto Armorial, lugar de fala de um Pernambuco profundo, abre o disco, que segue com ênfase no Maracatu, Xote e Baião, e se estende para o samba brasileiro. Em busca dessa sonoridade extremamente brasileira, Simas trouxe Alê Siqueira para comandar a produção. Alê foi quem produziu, entre muitos outros trabalhos, os álbuns dos Tribalistas. A banda base é composta por músicos que integram bandas de outro artistas da MPB: Big Rabello (Hamilton de Holanda) na bateria, Webster Santos (Zélia Duncan) nos violões, Felipe Roseno (Ney Matogrosso) na percussão, Mari Jacintho (Anavitória) nos teclados e Leomaristi (Anavitória) no baixo. Todas as bases foram gravadas ao vivo, na mesma sessão.  Destaque também para a colaboração de músicos como Jacques Morelenbaum (violoncelo), Mestrinho (sanfona), Spok (saxofone), Ricardo Herz (rabeca), Rodrigo Sestrem (pífano), Jessé Sadoc (trompete), As Ganhadeiras de Itapuã (vocais), Maestro Tiquinho (trombone de pisto e bombardino) e Jussara Lourenço, ex-integrante do Trio Ternura (vocais). Todos esses nomes já fizeram, de alguma forma, história na Música Brasileira. As vozes foram gravadas sob a direção do músico e produtor Tó Brandileone, da banda 5 a Seco. 


Mais Lidas

Guia de Programação: a grade dos canais da TV aberta desta quarta-feira, dia 1 de maio de 2024

As informações são repassadas pelas emissoras de televisão e podem sofrer alteração sem aviso prévio

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895