Cantor tradicionalista Velho Milongueiro morre aos 83 anos

Cantor tradicionalista Velho Milongueiro morre aos 83 anos

Natural de Tapes, Arlindo Silva dos Santos estava internado há seis meses para tratar de cânceres na bexiga e na próstata

Correio do Povo

Arlindo Silva dos Santos ou Velho Milongueiro era natural de Tapes

publicidade

Morreu, na madrugada desta quarta-feira, dia 3 de maio, em Porto Alegre, o cantor tradicionalista gaúcho Velho Milongueiro. O músico tinha 83 anos e estava internado havia cerca de seis meses para tratar de cânceres na bexiga e na próstata.

O velório está marcado para as 11h desta quarta, no Angelus Memorial Crematório, no bairro Medianeira. A cerimônia de despedida será às 18h.

Arlindo Silva dos Santos era natural de Tapes. O artista iniciou sua carreira em 1959, na dupla Minuano e Milongueiro. Gravou mais de 10 discos e teve composições interpretadas por nomes como Gaúcho da Fronteira e Sérgio Reis.

Entre suas músicas mais conhecidas, estão "É mentira desses loco", "Mulher do baile", "Por causa dela" e "Ripa de costela". O bom humor era uma marca registrada de Velho Milongueiro. Um de seus últimos álbuns foi "Sou bonito e danço bem", no qual apresentava a música "O velho quer Viagra".


Mais Lidas

Guia de Programação: a grade dos canais da TV aberta desta quarta-feira, dia 1 de maio de 2024

As informações são repassadas pelas emissoras de televisão e podem sofrer alteração sem aviso prévio

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895