Cardi B comparece a tribunal por briga em clube de striptease
capa

Cardi B comparece a tribunal por briga em clube de striptease

Caso ocorreu em agosto do ano passado

Por
AFP

Cantora deve ir novamente ao tribunal em 4 de abril

publicidade

A rapper Cardi B, indicada ao Grammy, compareceu nesta quinta-feira diante de um tribunal em Nova Iorque por sua suposta participação em uma briga em um clube de striptease. A artista de 26 anos assinou a renovação de duas medidas de proteção contra as supostas vítimas, que a impedem de fazer comentários em redes sociais que poderiam ser considerados ameaçadores para elas.

A cantora, cujo verdadeiro nome é Belcalis Almanzar, deve ir novamente ao tribunal em 4 de abril. Em 29 de agosto, a cantora estava no Angels Strip Club, no Queens, quando uma pessoa de seu grupo jogou móveis e garrafas em outras pessoas no local, ferindo uma funcionária que ficou com hematomas nas pernas.

Em outubro, a polícia acusou-a de agressão e negligência por causa do incidente. A mídia americana assegura que ela supostamente ordenou o ataque contra duas irmãs que trabalham no clube porque uma delas dormiu com seu marido, o rapper Offset. O casal anunciou a separação em dezembro.

Antes da aparição no tribunal, que durou alguns minutos, houve rumores de que os dois estavam juntos novamente. Os dois se casaram secretamente em setembro de 2017 e sua filha, Kulture, nasceu em julho de 2018.