"Causos de Família" estreia com teatro lotado

"Causos de Família" estreia com teatro lotado

Espetáculo aconteceu sábado, dia 21, no Teatro da Amrigs

Luciana Espíndola*

Espetáculo teve muita interação dos atores Índio Behn e Maikinho Pereira com o público

publicidade

O espetáculo dos humoristas Índio Behn e Maikinho Pereira na noite de sábado, dia 21, no Teatro da Amrigs, foi de casa lotada. A noite fria não impediu que espectadores viessem de diversas regiões para prestigiar os atores gaúchos. Havia visitantes das cidades vizinhas e, também, de Santa Catarina.

A personagem Marlene entrou no palco às 21h20min sob muitos aplausos e interagindo com a plateia. Com o típico pano de prato no ombro e o vestido com estampa "Animal Print" parecia estar no aconchego do lar, porém, ela ostentava um penteado impecável naquele cabelo "topetudo acaju" e uma make que foi derretendo com o passar das horas.

A serelepe Jéssica entrou pela porta principal e veio se deslocando graciosamente em meio à plateia trajando vestido de noivas com véu, em suas mãos havia um delicado buquê - que mais tarde jogaria para o público. Afinal, no primeiro episódio "Minha Sobrinha vai Casar", precisava estar vestida a caráter.

"Causos de Família" traz histórias que fazem com que o público se identifique com as personagens e as tretas. Desta vez, Jéssica se sentia pressionada pela sociedade, pois "já tem idade de se casar" e deseja se igualar as suas amigas e demais conhecidas. A garota se refere ao seu noivo como "crush" e desconversa quando é questionada sobre ele. A tia Marlene, por sua vez, entre uma "trollagem" e outra, conversa com a sobrinha fazendo-a entender que ela não é obrigada a fazer nada que realmente não queira. E manda um recado às mulheres lembrando-as o quanto são empoderadas e livres para viverem suas vidas como quiserem.

A trilha sonora da peça é ao vivo, com um músico em cena, conforme a história vai acontecendo e a trama se desenrolando. Cada espetáculo se torna diferente por ser um momento dinâmico, com comunicação fluída e de muito improviso. Existe uma história, um roteiro, mas ele pode se modificar a partir da interação com o público.

Todos os shows são gravados e irão se transformar em uma série com diversos episódios nas redes sociais dos atores. O próximo espetáculo "Minha tia ganhou na Loteria" será dia 23 de julho, às 21h, no Teatro da Amrigs, em Porto Alegre.

Veja Também

*Sob orientação da editora Adriana Androvandi


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895