Cenas para não esquecermos

Cenas para não esquecermos

Após uma semana de exibições, o Festival de Cinema de Gramado tem hoje suas premiações

Adriana Androvandi

O troféu do Festival de Gramado, Kikito, tem sua entrega neste sábado à noite

publicidade

A criatividade nas produções foi uma marca da 49ª edição do Festival de Cinema de Gramado, que tem suas cerimônias de premiação neste sábado. Às 16h para a Mostra Gaúcha de Curtas - Prêmio Assembleia Legislativa. E, a partir das 21h30min, para longas-metragens gaúchos, brasileiros, latinos e curtas nacionais. 
Neste 2º ano em formato remoto, chegaram filmes com a temática da pandemia, como a comédia nacional “Álbum de Família”, de Daniel Belmonte (RJ). E o curta-metragem “Eu Não Sou Um Robô”, de Gabriela Lamas (RS), que aborda o isolamento.
Destacando algumas cenas de filmes brasileiros exibidos, resgatamos as diversas temáticas que foram apresentadas durante a semana. A personagem Lúcia, vivida por Gloria Pires, começa a apresentar sinais de Alzheimer no policial "A Suspeita", de Pedro Peregrino (RJ). 
Em “Homem-Onça”, de Vinicius Reis (RJ), o ator Chico Diaz chega em sua sala de trabalho de empresa estatal que está sendo privatizada e vê que a planta que era o “talismã” de seu departamento foi retirada sem aviso prévio. A história é ambientada no Brasil da década de 1990.
Os cinco irmãos adultos negros de “O Novelo”, de Claudia Pinheiro (SP), fazem tricô na sala de espera de um hospital. A atividade, aprendida com a mãe, os distrai enquanto esperam para saber se o homem hospitalizado é o pai que os abandonou. 
Sob o giro dos aerogeradores do parque eólico de Osório, duas amigas adolescentes questionam os padrões da pequena cidade onde vivem em “A Primeira Morte de Joana”. Traz o olhar feminino e delicado da cineasta gaúcha Cristiane Oliveira, radicada em São Paulo.
“Carro rei”, em que personagens falam com carros, reúne crítica e humor sob a direção de Renata Pinheiro (PE). Matheus Nachtergaele, que interpreta Zé Macaco, tentando fazer pole dance é uma cena inesquecível. 
E “Jesus Kid”, de Aly Muritiba (PR) traz Paulo Miklos como um escritor de western que conversa com seu personagem caubói, vivido por Sergio Marone.

A homenagem da noite será a todos profissionais que mantêm vivo o cinema brasileiro.

PREMIAÇÃO

No total, concorrem aos Kikitos 14 filmes de curtas brasileiros, quatro de longas estrangeiros, três filmes de longas gaúchos e, por fim, sete filmes entre os longas brasileiros. Os concorrentes em cada categoria são indicados pelos próprios filmes. Além dos troféus, os vencedores ainda recebem premiação em dinheiro. A transmissão será feita do Palácio dos Festivais, em Gramado. No palco, estarão 43 estatuetas que serão anunciadas ao vivo. 

A partir das 16h, a cerimônia de premiação da Mostra Gaúcha será exibida pela TVE, TV Assembleia e canais digitais do festivais.

A cerimônia da noite será transmitida pelo Canal Brasil, a partir das 21h30min. A banda Jazz Cinnamon fará apresentação musical durante a noite.

Ao final, a cerimônia completa ficará disponível para quem quiser rever no YouTube do evento.

 


Mais Lidas

Guia de Programação: a grade dos canais da TV aberta desta segunda-feira, dia 22 de abril de 2024

As informações são repassadas pelas emissoras de televisão e podem sofrer alteração sem aviso prévio

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895