Cinemateca recebe performance inédita de "Cinema ao Vivo – Copacabana Mon Amour"
capa

Cinemateca recebe performance inédita de "Cinema ao Vivo – Copacabana Mon Amour"

Atriz Helena Ignez irá conviver com a produção que estrelou durante 24 horas

Por
Correio do Povo

Helena Ignez estrelou "Copacabana Mon Amour", de Rogério Sganzerla

publicidade

A Cinemateca Capitólio (rua Demétrio Ribeiro, 1085) recebe, a partir das 20h desta terça-feira, dia 6, a perfomance "Cinema ao Vivo – Copacabana Mon Amour" do artista Nuno Ramos em colaboração com a atriz Helena Ignez. 

O projeto da dupla irá unir o elemento teatral à fantasmagoria fílmica, unindo-os diante do público. Assim, Helena Ignez, durante 24 horas, irá conviver com "Copacabana Mon Amour", de Rogério Sganzerla, produção em que estrelou em 1970. 

Acompanhando a protagonista

O público assistirá o filme “acompanhado” por sua protagonista, observando aquele produto de luz e som fundido paradoxalmente à cena ao vivo. 

Durante as sessões, a atriz poderá comer, sentar, descansar ou não fazer nada. Poderá repetir as falas, gritar e até mesmo pedir para sair. Poderá aplaudir e vaiar. Sua própria presença desloca todo o sentido do filme, atualizando e abrindo o que tinha se tornado definitivo na edição. 

As sessões contínuas permitirão ao público acompanhar a performance, que se encerrará na quarta-feira, 7, às 20h. A entrada é gratuita mediante retirada de senhas. As sessões também serão transmitidas ao vivo na página do Atelier Livre

Encontro 

Já na quinta-feira, Nuno Ramos e Helena Ignez participam da atividade Cinema Ao Vivo, às 14h no Instituto de Cultura da PUCRS  (7º andar da Biblioteca Central, avenida Ipiranga, 6681). 

A mediação será do poeta Diego Grando e da professora de cinema Helena Stigger. A entrada é gratuita e as inscrições devem ser realizadas através deste link