Dez anos de Fifth Harmony: por onde andam as ex-integrantes da banda

Dez anos de Fifth Harmony: por onde andam as ex-integrantes da banda

Camila Cabello, que saiu do grupo antes do hiato oficial, é a que mais colecionou sucessos

R7

A formação original era Normani Kordei, Camila Cabello, Lauren Jauregui, Ally Brooke e Dinah Jane.

publicidade

A banda Fifth Harmony era formada no dia 27 de julho de 2012 no programa The X-Factor dos Estados Unidos. A formação original era: Normani Kordei, Camila Cabello, Lauren Jauregui, Ally Brooke e Dinah Jane. O grupo é considerado o mais bem-sucedido formado na versão americana do reality show musical. Dentre as premiações vencidas pelo Fifth Harmony estão cinco VMAs (Video Music Awards) e um AMA (American Music Awards).

Após uma boa estreia em 2013 com a música "Miss Movin' On", o aguardado álbum "Reflection" chegou às lojas em 2015. O principal hit do disco foi "Worth It", parceria com Kid Ink, que vendeu mais de 3 milhões de cópias apenas nos Estados Unidos e beirou o top 10 da Billboard Hot 100.

O segundo álbum do grupo lançado em 2016, "7/27", é o que reúne maior quantidade de hits. O principal foi "Work From Home", parceria com Ty Dolla $ign. Além das canções "That's My Girl" e "All In My Head". É o último trabalho com participação de Camila Cabello, que saiu da banda no fim de 2016 para focar na carreira solo. 

O último disco lançado pelo Fifth Harmony foi um álbum homônimo, em 2017. A principal música de trabalho foi "Down", em parceria com Gucci Mane. Em março de 2018, o grupo informou oficialmente nas redes sociais que entraria em hiato por tempo indeterminado.

Veja o que cada uma das ex-integrantes têm feito desde então:

Camila Cabello
Hoje, um dos maiores nomes da música pop e latina em todo o mundo, a única integrante do Fifth Harmony que saiu antes do hiato coleciona grandes sucessos na carreira solo. A estreia de Camila fora do grupo foi em uma parceria com Shawn Mendes em "I Know What You Did Last Summer", ainda em 2015. Os principais hits da artista são: "Havana", "Never Be The Same", "Señorita" (também com Shawn Mendes) e o mais recente "Bam Bam", em parceria com Ed Sheeran. 

Normani
Os fãs aguardam ansiosamente o álbum de estreia da cantora. O primeiro passo dela fora da banda foi uma parceria com Khalid, na música "Love Lies". Normani ainda teve participação no hit de 2019 de Sam Smith, "Dancing With a Stranger". A cantora já fez barulho dentro da indústria também com os lançamentos solo, como o single Motivation (2019). Porém, o lançamento do disco de estreia dela tem sido adiado desde 2018. Normani foi indicada para a próxima edição do VMA em três categorias.

Lauren Jauregui
Diferentemente de Normani, Lauren já lançou o álbum de estreia, mas não causou o mesmo barulho. O primeiro single dela após o hiato do Fifth Harmony, "Expectations", fez um sucesso moderado. Jauregui também participa de uma música do segundo disco da cantora "Halsey, Strangers". A principal base de fãs da artista é no Brasil, onde ela vai passar com a turnê em outubro deste ano, em São Paulo. 

Ally Brooke
Se Lauren ainda não conseguiu furar a bolha do mainstream, Ally muito menos. A líder da banda apostou em uma sonoridade mais R&B desde o hiato, mas sem nenhum grande sucesso. A música dela que possui mais streams no Spotify é "Low Key", parceria com Tyga, lançada no começo de 2019. Assim como Normani, ela também não tem um álbum de estreia ainda. Em 2020, Ally lançou uma autobiografia: Em busca de harmonia: sonhe alto, tenha fé e conquiste mais do que você pode imaginar.

Dinah Jane
Das ex-integrantes do Fifth Harmony, Jane é a que está mais discreta. Sem nenhum lançamento desde abril de 2020, a dançarina líder da banda não possui nenhum sucesso a nível mundial. O maior hit da cantora, Bottled Up, foi lançado em 2018, em parceria com Marc E. Bassy e Ty Dolla $ign.

 


Mais Lidas

Guia de Programação: a grade dos canais da TV aberta desta quinta-feira, dia 18 de julho de 2024

As informações são repassadas pelas emissoras de televisão e podem sofrer alteração sem aviso prévio

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895