Espetáculo teatral homenageia Virginia Woolf e seu legado

Espetáculo teatral homenageia Virginia Woolf e seu legado

"V. (ou a uma hora de trem de Londres)" tem temporada online até 17 de outubro

Correio do Povo

Assim como no fluxo de consciência operado pela escrita da autora, as performances parecem se prestar não à organização finalizada de suas obras, mas sim às vozes íntimas de sua criação.

publicidade

"V. (ou a uma hora de trem de Londres)" é o novo trabalho de conclusão do Curso de Formação de Atores/2021 da Casa de Teatro de Porto Alegre, em cartaz até o próximo domingo, 17 de outubro, pela plataforma digital EntreAtos. O espetáculo responde à investigação sobre a obra e pesquisas biográficas de Virginia Woolf, onde reúne um elenco de 10 atrizes e atores, dirigidos por Carlota Albuquerque, Everton Rodrigues e Larissa Sanguiné.

A encenação vislumbra uma série de possíveis composições de personagens do último livro da autora, bem como uma cena reunindo todo o elenco representando figuras da biografia de Woolf. Entrelaçam-se, ali, cenas com imagens captadas por cada atriz e ator individualmente e no coletivo. O que assistimos é uma visão poética e singular sobre as percepções de cada artista em envolvimento com o vídeo final, um exercício de poesia e composição de personagens. "V". é uma realização pesquisada para uma produção cênica no atual cenário de isolamento social, momento em que a Casa de Teatro se mantém encontrando meios de seguir com suas atividades com a maior ferramenta do artista: a criatividade.

Numa analogia entre escrita e criação cênica, apresentam-se videoperformances das personagens do último livro da lendária escritora Virgínia Woolf, justaposta a uma cena teatralizada que sugere uma homenagem das vozes da autora. Assim como no fluxo de consciência operado pela escrita de Virgínia, as performances parecem se prestar não à organização finalizada de suas obras, mas sim às vozes íntimas de sua criação. Apropriando-se de textos de Woolf, também compostos com a dramaturgia de Virgínia (Vika) Shabbach, e elaborações escritas pelo elenco a partir da provocação questionada pela condução da encenação. Uma homenagem à Virgínia e seu legado.

 


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895