Correio do Povo recebe comenda na abertura da Feira do Livro
capa

Correio do Povo recebe comenda na abertura da Feira do Livro

Ordem dos Jacarandás foi entregue ao CP, à comunicadora Tânia Carvalho, à Federação Espírita do RS e ao escritor Carlos Nejar, que receberá no dia 9

Por
Correio do Povo

Diretor comercial do CP João Müller recebe comenda das mãos do tesoureiro da CRL, Guiomar Beineke

publicidade

A 65ª Feira do Livro de Porto Alegre foi aberta, nesta sexta-feira, na Praça da Alfândega, chegando à sua 65ª edição com o tema “A Curiosidade é o que Nos Move”. Na cerimônia de abertura, que ocorreu no teatro Carlos Urbim (montado especialmente para a Feira), o presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro (CRL), Isatir Bottin Filho, deu as boas-vindas a todos. A patrona da Feira do Livro do ano passado, Maria Carpi, após discurso que exaltou a palavra fonética e escrita, passou a honraria a sua sucessora, Marô Barbieri.

Neste ano, a CRL concedeu na ocasião a comenda da Ordem dos Jacarandás, criada para como agradecimento a parceiros no incentivo à leitura. Foram quatro os homenageados: o jornal Correio do Povo, à comunicadora Tânia Carvalho, ao escritor Carlos Nejar e à Federação Espírita do Rio Grande do Sul.

Representando o jornal Correio do Povo, o diretor comercial da empresa, João Müller, recebeu a placa no palco do teatro Carlos Urbim. “Eu poderia citar muitos fatos históricos, mas está aqui entre nós o repórter que cobriu a primeira Feira do Livro, em 1955, para Correio do Povo e faço questão de chamá-lo”, disse ao se referir a Walter Galvani, que estava na plateia.

Aplaudido, Galvani, que também já foi patrono da Feira do Livro em 2003, foi convidado a subir ao palco e ficar ao lado de Müller. Fora do palco, Müller ressaltou a parceria muito antiga da Caldas Júnior com a Feira do Livro, em décadas de promoção à literatura. Outro destaque deste ano é parceria inédita do Correio do Povo com a CRL, as empresas Trash-in, F&W Forestry Brasil, 99 Pop e o Banco de Sementes da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) para recolher parte do lixo reciclável gerado diariamente na 65º Feira.

A partir de segunda, dois contêineres de mil litros estarão colocados na Praça para recolher parte do lixo seco no local, a ser destinado a reciclagem. Parte do valor será destinado a futuros projetos da CRL, como a distribuição de livros para escolas.
O escritor Carlos Nejar não pôde estar presente e receberá a comenda no dia 9, no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo. A Feira do Livro segue até o dia 17 de novembro.