Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre anuncia roteiros premiados

Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre anuncia roteiros premiados

Maior evento do gênero na América Latina aconteceu em formato online nos meses de setembro e outubro

Correio do Povo

"Tragam-me a Cabeça de Orum Bomani", de Ariel L. Ferreira e "Jimen", de Murilo Deolino e Paulo Bono foram os roteiros premiados.

publicidade

O 9º FRAPA - Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre anunciou nesta segunda-feira (11), os trabalhos vencedores de seu concurso de roteiros. Nas duas categorias foram contemplados autores baianos: "Tragam-me a Cabeça de Orum Bomani", de Ariel L. Ferreira (longa-metragem) e "Jimen", de Murilo Deolino e Paulo Bono (piloto de série). O evento voltado ao roteiro de cinema e televisão na América Latina aconteceu nos meses de setembro e outubro em formato online.

Os ganhadores recebem prêmios que incluem valores em dinheiro, script doctoring comercial da Product Placement House, um ano de gratuidade como associado da ABRA - Associação Brasileira de Autores Roteiristas, uma assinatura VIP da MUBI e bolsa em formação ou desenvolvimento da Projeto Paradiso, iniciativa filantrópica de apoio ao audiovisual do Instituto Olga Rabinovich. 

Todos os finalistas e semifinalistas também ganharam o software Final Draft 11 e a vaga no laboratório de desenvolvimento de roteiros do evento, o FRAPA[LAB]. Além disso, em parceria com o Projeto Paradiso, a Casa de Cinema de Porto Alegre e a b_arco, o FRAPA ofereceu 20 bolsas para o curso de roteiro do cineasta Jorge Furtado.

"O roteiro é onde toda obra audiovisual começa, por isso no Projeto Paradiso entendemos que é fundamental investir nesta área para ajudar os projetos a nascerem fortes, sobretudo ao lado de um parceiro tão relevante quanto o FRAPA", acredita Josephine Bourgois, diretora executiva do Projeto Paradiso, co-realizadora do FRAPA[Lab]. “Neste ano, foi uma alegria ver 12 projetos de longas e séries tão diversos e complexos se desenvolverem no FRAPA[LAB] e desejamos que graças a esta experiência possam ganhar asas no futuro", conclui.


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895