Filme iraniano conquista Urso de Ouro em Berlim

Filme iraniano conquista Urso de Ouro em Berlim

Festival foi marcado por forte caráter político dos filmes

AFP

Elenco comemora com prêmio recebido neste sábado, em Berlim

publicidade

O filme "There Is No Evil", do iraniano Mohammad Rasoulof, impedido por autoridades de sair daquele país, foi premiado neste sábado como o Urso de Ouro do 70º Festival de Berlim, em uma edição de forte caráter político. O júri, presidido pelo britânico Jeremy Irons, concedeu o prêmio máximo ao filme de Rasoulof, que aborda a pena de morte, um tabu no Irã.

O diretor está impedido de deixar seu país devido ao filme "Lerd", que denuncia a corrupção no Irã e foi premiado em Cannes em 2017. "Gostaria que ele estivesse aqui. Muito obrigado a toda esta equipe incrível que arriscou sua vida para estar no filme", disse o produtor Farzad Pak ao receber o troféu.

O filme favorito da crítica, "Never Rarely Sometimes Always", da americana Eliza Hittman e que defende o direito ao aborto, levou o Grande Prêmio do Júri. Os atores Elio Germano, da Itália, e Paula Beer, da Alemanha, levaram os troféus de melhor interpretação, por seus papéis em "Hidden Away" e "Undine". O drama brasileiro "Todos os Mortos" não foi premiado.


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895