Instituto Ling homenageia Franz Liszt

Instituto Ling homenageia Franz Liszt

Projeto on-line contempla recital e aula, nesta quinta-feira, a partir das 18h30min

Vera Pinto

Pianistas e professores Tiago Halewicz e Olinda Allessandrini

publicidade

 

Após analisar a obra de Beethoven, Villa-Lobos e dos compositores russos, o projeto Audições Comentadas de Música Erudita chega a sua quarta e última edição de 2020, com um recital e uma aula especial em homenagem a Franz Liszt, músico que se destacou no século XIX inaugurando a era dos pianistas virtuoses. Os pianistas e professores Olinda Allessandrini e Tiago Halewicz interpretarão,  ao vivo, algumas das maiores composições do maestro, além de apresentar detalhes sobre o processo criativo e a obra do húngaro. O evento ocorre hoje, às 18h30, em link privado do YouTube. As inscrições devem ser feitas no site www.institutoling.org.br. 

Além da execução ao piano da obra de Liszt, o encontro também trará a contextualização histórica do despontar do artista, mostrando as tendências variadas do século XIX. Na época, o mundo musical já anunciado por Beethoven abria-se em diferentes alternativas, provavelmente como escapes ao legado do Classicismo, e Franz Liszt revolucionou a técnica pianística desse período. O músico usava suas composições para  descrever situações e emoções provocadas por pinturas, livros e diversas outras manifestações artísticas. Com seus "poemas sinfônicos" e um grande carisma, percorreu a Europa Central fascinando plateias que o consideravam um superstar. 

Participantes: 
Olinda Allessandrini é graduada com láurea em Piano, pela UCS. Possui CDs inteiramente dedicados a obras de Villa-Lobos, Radamés Gnattali, Chiquinha Gonzaga e Araújo Vianna. Apresentou-se nos mais importantes centros culturais brasileiros e realizou recitais na Itália, Bélgica, Noruega, Chile, Bolívia e Uruguai, além de ter feito turnês pelos Estados Unidos e Alemanha.
 
Tiago Halewicz é pianista graduado em Música pelo Instituto de Artes da UFRGS. É diretor da Casamundi Cultura e atua na área de Estudos Culturais. Mantém um trabalho multidisciplinar por conta de seu trabalho de cooperação internacional representado pela difusão da cultura polonesa no Brasil. Em 2015, recebeu a medalha de Honra da Ordem dos Cavalheiros da República da Polônia, concedida pelo presidente do país, Bronislaw Komorowski.

 

 


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895