Jornalista Fernando Vieira morre em Bento Gonçalves

Jornalista Fernando Vieira morre em Bento Gonçalves

Apresentador de 72 anos e criador da Festa Nacional de Música sofreu infarto quando estava no Complexo Administrativo da cidade serrana

Jornalista trabalhou na TV Guaíba e foi o criador da Festa Nacional do Disco e Festa Nacional da Música

publicidade

Fernando Derivi Vieira, mais conhecido como Fernando Vieira, morreu nesta quarta-feira, aos 72 anos, após um infarto sofrido no Complexo Administrativo de Bento Gonçalves. O jornalista, radialista e apresentador de televisão estava na Serra Gaúcha preparando a próxima edição da Festa Nacional da Música, evento criado por ele em 2005 que estava sendo realizada em Bento Gonçalves, como continuidade da Festa Nacional do Disco, criada por ele no ano de 1981.

 

Responsável pela concepção e direção geral da Festa Nacional da Música, Fernando dedicou mais de 40 anos à música e à TV no Estado.  Sua carreira teve início em 1971, na TV Difusora (atual TV Bandeirantes). O apresentador trabalhou 17 anos na TV Guaíba, sendo contratado em 1982. No canal 2, ele produziu e apresentou programas como “Guaíba ao Vivo”. Em 1981, Fernando lançou a Festa Nacional do Disco, que durante 15 anos foi um marco no encontro de músicos e gravadoras. Foram 11 edições em Porto Alegre e três na Serra Gaúcha.

 

Em 2005, o jornalista foi para a TV Pampa, onde produziu e apresentou o programa Zoom. Neste mesmo ano, ele retomou a Festa Nacional da Música, que teve edições em Canela, Porto Alegre e mais recentemente em Bento Gonçalves. Em julho de 2016, o apresentador foi agraciado pela Câmara Municipal de Porto Alegre com o título de Cidadão Emérito. Ele foi criador do projeto Multifeiras, realizado no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, que trazia novidades em utensílios domésticos. A iniciativa durou 15 anos com periodicidade anual.

 

Em entrevista ao Coletiva.net em 2011, Fernando destacou o seu gosto pela música: "Não importa se a música é de alguém que esteja começando ou já encerrou a carreira. Admiro grandes intérpretes como Emílio Santiago, Cauby Peixoto e Nelson Gonçalves", disse Fernando. Ele deixa a esposa Antonela e dois filhos, Manoela e Fernando. O velório será realizado nesta quinta-feira, das 14h às 18h, no Angelus Memorial Crematório (Av. Porto Alegre, 320), no bairro Medianeira. 
 


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895