Morgan Freeman vem ao Brasil para evento que celebra a cultura negra

Morgan Freeman vem ao Brasil para evento que celebra a cultura negra

O ator participará do Festival Liberatum Brasil, com realização entre nos dias 3, 4 e 5 de novembro, em Salvador

AE

Vencedor do Oscar por "Menina de Ouro", o ator de 86 anos será o convidado de honra e também atuará como embaixador cultural especial do evento

publicidade

Morgan Freeman virá ao País para o Festival Liberatum Brasil, que celebra a cultura negra mundial e vai ocorrer entre nos dias 3, 4 e 5 de novembro, em vários locais de Salvador.

Vencedor do Oscar por "Menina de Ouro", o ator de 86 anos será o convidado de honra e também atuará como embaixador cultural especial do evento, em reconhecimento a sua marcante contribuição para o universo cultural.

Fundada em 2001, a plataforma internacional Liberatum vai realizar seu primeiro evento no Brasil, que será centrado em cultura, criatividade, mídia, entretenimento e, sobretudo, na defesa de igualdade, diversidade e inclusão.

Freeman também será homenageado pelo festival, que é gratuito, com uma retrospectiva de sua obra no centro histórico de Salvador. Como parte das celebrações, músicos do Ground Zero Blues Club, clube de blues cofundado por Freeman, vão se apresentar com artistas da Bahia, incluindo o cantor e compositor Lazzo Matumbi.

O foco especial da edição de 2023, que tem ainda entre seus convidados a top model Naomi Campbell, a atriz Taís Araújo, a cantora Alcione, a musa do rock Debbie Harry, o diretor de cinema Lee Daniels, o ator Lázaro Ramos e o artista plástico Kehinde Wiley, é apresentar e reverenciar agentes de mudança negros de todo o mundo, além de promover transformações sociais e liberdade de expressão.

Em outros anos, já participaram do evento nomes como Pelé, Cher, Frank Gehry, Pharrell Williams, Hilary Swank, Tilda Swinton e Susan Sarandon.


Mais Lidas

Guia de Programação: a grade dos canais da TV aberta desta sexta-feira, dia 12 de julho de 2024

As informações são repassadas pelas emissoras de televisão e podem sofrer alteração sem aviso prévio

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895