‘TEM’ faz baile-show no Cisne Branco
capa

‘TEM’ faz baile-show no Cisne Branco

Show da Trabalhos Espaciais Manuais compôs programação do Porto Verão Alegre

Por
Caroline Grüne / Especial

A banda instrumental Trabalhos Espaciais Manuais se apresentou no barco Cisne Branco, como parte da programação do Porto Verão Alegre


publicidade

Nas apresentações da Trabalhos Espaciais Manuais (TEM) o som instrumental ganha voz. Na cidade-berço da banda, Porto Alegre, os assíduos frequentadores dos shows já transformaram o ritmo dos teclados, cordas, percussões e saxofones em sílabas que acompanham o ritmo das músicas instrumentais. Assim se faz o formato baile-show, proposta da TEM que colocou o público pra dançar na noite de quinta-feira (13) no barco Cisne Branco, como parte da programação do Porto Verão Alegre.

O sol estava se pondo no Guaíba quando os primeiros tripulantes começaram a embarcar no Cisne Branco, no atracadouro da Usina do Gasômetro. As tradições porto-alegrenses se misturam com um som que é daqui, mas traz referências do que de melhor se tem na música mundial, como o samba, o funk e o jazz. É na mistura em energia orquestrada que a banda dá ritmo aos passos do público, que vai se soltando enquanto a música cresce pelas águas do Guaíba e ganha fôlego com a brisa do rio. 

A pequena orquestra de música popular reúne um público que acompanha até alguns passos coreografados, se abaixa acompanhando os músicos e levanta de novo pulando - e fazendo o barco mexer. Até o tempo colaborou: os ventos movimentavam o barco mas não deixaram ninguém passar frio. Talvez, o calor seja mesmo da música.

Nesta apresentação, nove membros se dividiam entre guitarra, baixo, teclas, bateria, percussão e instrumentos de sopro. Magistralmente, a banda cumpre a proposta: com músicas como “Baile B”, “Farofa de Banana” e “Noite de Amor na Jamaica”, o público dançou durante todo o trajeto do baile-show no Cisne Branco.

Neste ano a Trabalhos Espaciais Manuais lançou o single Terras Brasais, que traz, além das sonoridades já exploradas pela banda, beats do funk carioca. Ouça aqui: