Três Marias celebram 10 anos de trajetória e lançam o álbum 'Não se Cala' neste domingo

Três Marias celebram 10 anos de trajetória e lançam o álbum 'Não se Cala' neste domingo

O grupo, formado por cinco artistas, faz show no Afro-Sul Odomodê em Porto Alegre

Correio do Povo

O projeto Três Marias destaca o protagonismo feminino na música

publicidade

Este ano, o grupo Três Marias celebra seus dez anos de caminhada com o lançamento do álbum "Não se Cala", que é resultado de todos esses anos de trocas e fortalecimento entre mulheres musicistas e mestres e mestras de diversas tradições culturais, entres eles Tião Carvalho, Martinha do Coco, Iara Deodoro, Paulo Romeu, Paraquedas, Ìdòwú Akínrúlí.

O show de lançamento é neste domingo, dia 10 de setembro, no Afro-Sul Odomodê (Avenida Ipiranga, 3850), em Porto Alegre, das 20h às 23h. 

O disco, que começou a ser produzido em 2018 no estúdio Pedra Redonda, já está disponível nas plataformas de áudio. 

Três Marias 

O projeto Três Marias, inicialmente idealizado por Dessa Ferreira, Gutcha Ramil e Kika Brandão, nasce no começo de 2013, na estrada, entre passadas de chapéu nas ruas de Sagarana, Cavalcante, Galícia e no metrô do Rio de Janeiro, e festivais e salas de teatros internacionais com a Cia Mamulengo Presepada (DF) e o mestre Chico Simões, até se fixar em Porto Alegre-RS, no final de 2013.

No percurso, o grupo já teve várias formações, se tornando um potente ponto de encontro de mulheres instrumentistas e compositoras. Desde 2017, tem como integrantes fixas cinco artistas muito atuantes na cultura local de Porto Alegre e também fora do Estado. Dessa Ferreira, Gutcha Ramil, Pâmela Amaro, Tamiris Duarte e Thayan Martins formam as Três Marias.

Não Se Cala

O CD "Não Se Cala" reúne composições inéditas de integrantes do grupo e parcerias com o Mestre Tião Carvalho (MA/SP), Mamau de Castro (RS) e Adiel Luna (PE), além de composições da Mestra Martinha do Coco (PE/DF) e do Mestre Paraquedas (RS). Ritmos como forró, bumba meu boi, jongo, coco, ijexá e samba são expressos por meio da percussão, vozes e cordas. O CD apresenta, também, músicas de origem Yorubá (Nigéria) e do povo Wê (Costa do Marfim), fruto da interação do grupo com os mestres e parceiros Ìdòwú Akínrúlí e Loua Pacom Oulai. A produção musical foi feita pelas Três Marias e pelo músico Guilherme Ceron. 

Músicos que participaram das gravações: Kika Brandão, José Leonidas, Nina Fola, Jane Oliveira, Inajara Ramos, Magnólia do Mato, Clarissa Ferreira, Paola Kirst, Stefania Johnson, Diih Neques, Neuro Junior, Tomás Piccinini e Dona Conceição.

Mestres: Tião Carvalho (MA/SP), Adiel Luna (PE), Martinha do Coco (PE/DF), Paraquedas (RS), Ìdòwú Akínrúlí (Nigéria) e Loua Pacom Oulai (Costa do Marfim).


Mais Lidas

Guia de Programação: a grade dos canais da TV aberta desta quarta-feira, dia 1 de maio de 2024

As informações são repassadas pelas emissoras de televisão e podem sofrer alteração sem aviso prévio

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895