Vídeo mostra sombra do avião de Marília Mendonça antes da queda

Vídeo mostra sombra do avião de Marília Mendonça antes da queda

Em outro registro, casal viu o instante em que aeronave balançava no ar; testemunhas começaram a ser ouvidas pelo Cenipa

R7

Testemunhas do acidente começaram a ser ouvidas

publicidade

Câmeras de segurança registraram a sombra da aeronave que caiu com a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas segundos antes do acidente, na zona rural de Piedade de Caratinga, a 243 quilômetros de Belo Horizonte.

A câmara que fez o registro está instalada na casa do lavrador Jorge Fernandes. Ele contou que viu destroços logo após o acidente.

"A única coisa que eu vi foram uns pedaços da rede. Eu desci e de fato estavam lá embaixo mesmo." 

Outro vídeo registrou um casal que viu o momento do acidente. Eles se preparavam para sair em um carro quando a aeronave passou próximo à casa em que moravam. A dentista Rossana Bortot conta que ficou com medo quando viu a aeronave balançando no ar.

"Eu comecei a gritar ‘vai cair, vai cair’, porque ele estava balançando um pouco. E a velocidade dele estava baixa em relação à dos outros aviões que vemos descer aqui."

O advogado Fernando Maia, que também presenciou a cena, conta que acionou o Corpo de Bombeiros.

"É algo tão inusitado que nem os bombeiros acreditaram." 

O casal foi ouvido por técnicos do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) neste fim de semana.

Nesta segunda-feira (8), o dono da empresa de táxi aéreo responsável pelo bimotor também foi ouvido na investigação que apura a responsabilidade criminal pelo acidente. O conteúdo do depoimento não foi divulgado porque o inquérito corre em segredo de Justiça.

A Polícia Civil também deve pedir um relatório à Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais) sobre os reparos que foram feitos nos cabos de distribuição onde a aeronave bateu.

Os motores e destroços da aeronave foram encaminhados à perícia. Os resultados dos laudos são considerados fundamentais para a conclusão da investigação policial.

 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895