Viúva de Nick Cordero é vacinada contra covid e nega ter furado a fila

Viúva de Nick Cordero é vacinada contra covid e nega ter furado a fila

Amanda Kloots disse que tomou dose do imunizante que 'sobrou' em posto de saúde e seria descartado ao final do dia

R7

Amanda foi vacinada contra a covid-19

publicidade

Amanda Kloots, viúva de Nick Cordero, ator que morreu vítima de covid-19 em julho do ano passado, recebeu a primeira dose da vacina contra a doença no sábado (20). A bailarina fez o registro nas redes sociais e comemorou.

"Eu não posso te dizer o quão emocionada eu estava e ainda estou agora. Desde que Nick morreu, como mãe solteira, estou apavorada de pegar esse vírus e agora estou um passo mais perto da segurança", declarou Amanda, que é mãe de Elvis, de 1 ano.

Logo depois, ela recebeu críticas de internautas que a acusaram de ter furado a fila da vacina. Em Los Angeles, nos EUA, onde Amanda mora, apenas os idosos com mais de 65 anos estão sendo imunizados neste momento. A viúva de Nick, então, explicou, que tomou a dose que "sobrou" em um posto de saúde e seria descartada ao final do dia. Ela disse que essa prática é comum por lá.

"Dirigi até um local de vacinação — e sabia que possivelmente poderia ser recusado — mas dirigi e esperei em uma fila na esperança de que no final do dia, no final das consultas, pudesse receber vacinas extras que, alguma forma, seriam descartadas. E em vez de serem jogadas fora, elas fossem aplicadas em um braço — um braço de uma mãe solteira sobrevivente que merece ter uma vacina extra que teria sido jogada no lixo", justificou.

"Em primeiro lugar, não deveríamos ter vergonha de tomar vacina. Todos deveriam tomar a vacina, e quem quer que a tome", completou.

Veja a publicação:


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895