Skincare: veja o que não pode faltar na sua rotina de cuidados com a pele

Skincare: veja o que não pode faltar na sua rotina de cuidados com a pele

Dermatologista explica que uma boa skincare envolve limpeza, hidratação, vitamina C e proteção solar

Correio do Povo

publicidade

O rosto é uma das partes do corpo humano que recebe mais atenção diária, muito pela preocupação com o envelhecimento e a saúde da pele. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, os brasileiros estão cuidando mais da pele desde o início da pandemia. Somente em 2020, houve um crescimento de 161,7% nas vendas de produtos específicos para a rotina de skincare.

Impulsionada pelo isolamento social, tempo livre e redes sociais, é comum ver o compartilhamento da rotina facial com uso de máscaras, cremes e tônicos por diferentes pessoas, independentemente do gênero e idade. A dermatologista Natália Venturelli ressalta o que não pode faltar nesse processo: “Uma boa skincare envolve limpeza, hidratação, vitamina C, proteção solar e tratamento para queixas na pele apenas durante a noite, que podem ser acne, manchas ou rugas finas.” A especialista também diz que é essencial conhecer o tipo de pele. “Se ela for oleosa é preciso buscar produtos em gel, por exemplo. Já a pele seca necessita de pomadas, cremes e itens com uma base mais pesada”, explica.

A rotina básica da manhã pode ser simples e sucinta. “Lavar o rosto apenas com sabonete, aplicar creme com função hidratante para a região dos olhos e utilizar um antioxidante ou vitamina C para resguardar a pele dos danos do dia a dia já auxiliam a manter a saúde do rosto”, ensina. “Hidratação de acordo com o tipo da pele e proteção solar completam o combo indispensável desse processo”, reforça a especialista que, para a rotina noturna, sugere um demaquilante para remover maquiagem, tônico para regular o pH e por último um produto para tratamento.

Confira o que não pode faltar na rotina de skincare:

Limpeza de pele: o rosto deve ser lavado, no mínimo, duas vezes ao dia, de manhã e à noite, mas essa frequência pode variar de acordo com as atividades, como por exemplo, após exercícios, esportes ou academia. “A limpeza garante a remoção da oleosidade e impurezas. Uma pele limpa recebe muito melhor a hidratação em seguida”, aponta. 

Hidratação: cremes podem ser utilizados duas vezes ao dia, mas é necessário entender qual é o seu tipo de pele para evitar oleosidade excessiva e escolher produtos adequados que vão auxiliar na saúde do rosto e não prejudicá-lo. “Para uma pele oleosa é necessário hidratantes em gel. Também é preciso ter em mente que produtos como protetor solar e bases de maquiagem possuem hidratantes em sua composição, o que pode substituir a aplicação de um creme que em excesso pode ocasionar acne”, elucida a médica.

Proteção solar: uma pesquisa do Instituto de Cosmetologia de Campinas, realizada por especialistas da Unicamp, revelou que 71% da população brasileira afirma não usar protetor solar diariamente. Esse é o principal passo de uma rotina de skincare, promovendo a saúde da pele a longo prazo e evitando danos e envelhecimento no futuro. “O protetor solar precisa ter um FPS maior que 30, ser passado de forma adequada e respeitando o tempo de reaplicação do produto para uma ação eficaz”, indica. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a quantidade de protetor solar necessária para o rosto, cabeça e pescoço é uma colher de chá.

Área dos olhos: essa é a primeira região que envelhece e vai apresentar rugas e flacidez na pele. “Existem produtos para essa área com custo menos elevado, mas aqueles à base de vaselina, que é inerte e não causa irritação, são opções para hidratar a região, além do uso obrigatório do protetor solar”, finaliza Natália.


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895