Adeus à caixinha de areia

Adeus à caixinha de areia

publicidade

Quem tem gato sabe o quanto é chato ter que ficar limpando a caixinha de areia. E ai de nós se a deixarmos suja por muito tempo: os bichanos costumam ser pra lá de higiênicos e só gostam de fazer suas necessidades em locais livres de sujeiras... Sendo assim, não seria fantástico poder simplesmente excluir essa tarefa da nossa rotina diária? Pois a engenhoca chamada LitterKwitter criada pela australiana Jo Lapidge promete garantir esse feito glorioso. A invenção nada mais é do que um conjunto de assentos com tamanhos diferentes que são utilizados para treinar os gatos a usarem o vaso sanitário como se fossem gente.
Jo contou ao Daily Mail que teve a ideia assistindo à cena do filme Entrando numa Fria em que o gato utiliza a privada do banheiro. Depois disso, ela começou a treinar o seu próprio gato utilizando vasos de plantas e assentos. O bichano chamado Doogal aprendeu direitinho, e o sistema foi aprimorado para ser industrializado. O LitterKwitter funciona em três estágios, cada um com um assento específico. Antes de tudo, no entanto, a gente deve fazer com que o gato utilize o assento menor (o vermelho e sem abertura central) encaixado no assento maior (o branco), como uma grande caixinha de areia, que deve ficar do lado do vaso sanitário. Depois de um tempo, já na primeira etapa do treinamento, a gente coloca toda essa estrutura em cima da privada – como uma caixa de areia dentro da privada.
No segundo momento, devemos usar o assento de tamanho intermediário, de cor laranja. A peça ainda possui espaço para colocarmos areia, mas já faz com que o gato aprenda a se equilibrar no vaso. Depois desse estágio, podemos utilizar o assento verde, com diâmetro um pouco menor do que o assento branco. No final de todas essas etapas, o gato já estará pronto para fazer as necessidades no vaso, sem a ajuda dos aparatos.
Segundo Jo, o LitterKwitter funciona mais rapidamente quando os gatos são treinados desde filhotes, mas ela garante que qualquer bichano pode aprender a técnica. Um gatinho chamado Oscar, por exemplo, foi treinado com 12 anos de idade. Outro peludo, o Lucky, que tem apenas três patinhas, também conseguiu aprender tudo numa boa. Normalmente, o processo de aprendizado dura cerca de oito semanas, mas, obviamente, isso pode variar de gato para gato. O produto custa cerca de R$ 120,00 e pode ser encomendado no site http://www.litterkwitter.com/en/buy_now.html. Um DVD com instruções – com legendas em português de Portugal – também está incluído.[gallery columns="4"

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895