Cuidados com mães e filhotes
capa

Cuidados com mães e filhotes

Por

publicidade

Foto_divulgacao1 (1)O nascimento de filhotes é algo especial e marcante em qualquer família. A chegada dos novos membros traz mudanças e novidades e, com elas, é comum surgirem dúvidas. Então, o que devemos fazer e quais cuidados serão necessários?


A saúde de uma ninhada precede o parto, começando com os cuidados que os tutores devem ter com a cadela, pois é ela, em geral, que vai garantir a vida dos filhotes nos primeiros dias e alimentá-los até que proceda o desmame. Portanto, é de suma importância que a fêmea esteja bem de saúde.Foto_divulgacao2 (1)


Durante a gestação devemos consultar o veterinário para avaliar a saúde da cadela, assim como verificar a necessidade de um reforço na alimentação, já que os filhotes exigirão muita energia da mãe. Cadelas muito peludas convém realizar uma tosa antes do parto, assim é possível evitar problemas com a amamentação, manter a higiene e prevenir acidentes, como filhotes que sufocam embaraçados nos pelos da mãe.Foto_divulgacao3


Para o parto, providencie um ambiente seguro, limpo, seco, protegido do frio e sem a interferência de crianças, pessoas estranhas e outros animais. Normalmente não é necessário nenhuma assistência humana, mas é importante que os tutores acompanhem o parto e, se for necessário, solicitem a ajuda de um veterinário.Foto_divulgacao (2)


Após o parto, é importante higienizar o local onde o animal deu à luz, para reduzir o risco de infecções procedentes de bactérias, tanto na mãe quanto nos filhotes. Como ocorre nos seres humanos, com as mães e os recém-nascidos, as cadelas e os seus filhotes também precisam de tranquilidade. A cama onde mãe e suas crias ficarão deve estar em um ambiente tranquilo, longe dos olhos dos tutores e de outros animais. Devemos respeitar a intimidade da cadela e seus filhotes.


Nas primeiras horas de vida, em ninhadas saudáveis, os filhotes devem procurar a teta da mãe e se alimentar. É muito importante que o animalzinho mame, pois vai ingerir o primeiro leite que a cadela produz, o colostro, que é rico em anticorpos e que protege os filhotes de infecções no início da vida. Sendo assim, devemos ficar atentos e verificar se todos os cãezinhos estão alimentando-se.


Os filhotes não são capazes de regular a sua temperatura corporal, por isso, devemos mantê-los junto a mãe e cuidar da temperatura ambiente. Dessa forma, evitamos que fiquem com frio ou desidratados em função do calor. Os filhotinhos abrem os olhos entre 10 e 14 dias de vida, mas até a quarta semana seus olhos são muito sensíveis com a luminosidade. Nesse período, deve-se evitar luz direta nos olhos dos peludos.


Durante alguns dias após o parto, é normal que a cadela tenha secreção vaginal, mas fique atento e observe se a coloração e volume estão diminuindo com o passar dos dias. O aumento no número de vezes que a cadela evacua também é normal, entretanto, devemos procurar auxílio de um veterinário se ocorrer diarreia ou esforço exagerado para defecar.


As mamas da mãe podem desenvolver mastite e, por causa disso, é preciso prestar atenção diariamente. Se houver acúmulo de leite seco limpe com água morna e caso perceba descoloração da pele, inchaço, sensibilidade ou ferida informe ao veterinário.


Enfim, o tutor deve ser zeloso e observar cuidadosamente os seus animais, assim, caso ocorra qualquer problema, poderá tomar os cuidados necessários antes deles se tornarem sérios.


Por Tiago Cardoso, adestrador da Cão Cidadão