Criativo e talentoso
capa

Criativo e talentoso

"Bacurau" é filme que mescla gêneros, envolvente e que tem Sônia Braga no elenco

publicidade

“Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles é uma das joias do cinema contemporâneo. E é brasileiro. Desde sua première mundial no Festival de Cannes, o longa já foi convidado para mais de 100 festivais e mostras ao redor do mundo. Já conquistou o prêmio do júri no Festival de Cannes e o prêmio de melhor filme na principal mostra do Festival de Cinema de Munique.

O filme, que tem Sônia Braga no elenco principal, abriu, com enormes elogios, a edição deste ano do Festival de Cinema de Gramado. “Bacurau” também já foi exibido em outros festivais internacionais: na competição do Neuchâtel International Fantastic Film Festival, na Suíça, no Festival de Cinema de Sidney, Austrália, no SoFilm Summercamp, em Nantes, e La Rochelle, ambos na França (onde o filme estreia em setembro).

Em um futuro próximo, no esquecido vilarejo de Bacurau, os moradores percebem que coisas estranhas estão acontecendo. Primeiro, a cidade some dos mapas; depois, um disco voador aparece no céu e algumas pessoas morrem violentamente. Para se proteger dos ataques, a comunidade se une e cria uma maneira bem particular de proteção. O mistério quanto às motivações dos personagens invade o lugar isolado, sem água, onde um drone espiona do céu. Cadáveres crivados de bala começam a aparecer. Forasteiros armados até os dentes estão na região. Pouco a pouco, Teresa (vivida por Bárbara Colen), Domingas (Sônia Braga), Acácio (Thomas Aquino), Plínio (Wilson Rabelo), Lunga (Silvero Pereira) e outros habitantes chegam à conclusão de que estão sendo atacados. A partir daí, a trama leva o espectador e os personagens da cidade em uma busca por identificar o inimigo e buscar coletivamente um meio de defesa.

Com esta trama, Kleber Mendonça e Juliano Dornelles transitam em sua obra por gêneros cinematográficos que incluem faroeste, horror, ficção científica e ação. É naquele povoado do sertão de Pernambuco (mas que foi filmado mesmo no Rio Grande do Norte) que uma série de criaturas bizarras seguem cada uma seu rumo. Na tela surge um envolvimento entre tecnologia, cangaço, pop arte, paranoia armamentista e invasão espacial. O enredo coloca em cena a sobrevivência de uma cultura, que tenta resistir às investidas de seu contemporâneo, à ganância política, violência e abandono. Em “Bacurau” estão referências importantes que vão da trilogia Mad Max a clássicos da ficção científica. É também o Brasil de 2019. Com a premiada e elogiada fotografia de Pedro Sotero, o filme tem no elenco nomes como Sonia Braga (Domingas), Udo Kier (Michael); Bárbara Colen (Teresa); Thomás Aquino (Pacote) e Silvero Pereira (Lunga).

Um filme para ver com deleite. Uma obra que permanecerá na história do cinema brasileiro.