Prepare olhos e ouvidos

Prepare olhos e ouvidos

publicidade







Os amantes dos quadrinhos devem amar a nova produção de "Aquaman", dirigido por James Wan (o mesmo de "Jogos Mortais"). Tecnologia e fantasia não faltam na produção que parece uma junção criativa de elementos vistos em "Avatar", de James Cameron, na franquia de "Senhor dos Anéis" e nas batalhas de "Star Wars". Tudo isso serve de  moldura para o argumento já conhecido, do homem que, ao longo de décadas foi ridicularizado quando menino já por se comunicar com os seres marinhos.

Jason Mamoa (visto em "Game of Thrones") é o ator que encarna Arthur Cury, que vai ser chamado para reivindicar o trono de Rei de Atlântida, para aplacar uma possível guerra entre o mundo subaquático e o da superfície. A personagem chega às telas com um viés mitológico, com muito heroísmo, aproveitando a robustez do ator. Os fãs podem identificar as suas costas largas e o rosto geométrico marcando distância com a delicadeza dos traços finos do material original. Mas não precisam preocupar-se: mantém a essência fundamental do original.

O espetáculo do filme é visual e sonoro. Imagens com imensidade de cores e efeitos. Sons intensos e com uma vibração vigorosa. A transição do mundo aquático para a superfície se faz de forma altamente técnica e cativante, revelando um competente design de produção. O roteiro é didático e serve para que todos possam entender de onde vem e para onde vão as personagens, trabalho de Will Beal e David Leslie Johnson.

A diversão segue com as referências da cultura POP, tem momentos de comicidade, para aliviar a tensão sonora e visual. Tudo na busca do equilíbrio. Vale destaque a atuação de Amber Heard (vivendo o par romântico como Momoa). Os dois funcionam muito bem juntos. Não se pode dizer o mesmo da personagem do pai de Momoa com a de Nicole Kidman. ela estonteante e linda em figurinos arrasadores. Ele um senhor desconhecido e insosso. Aplauso ainda para a atuação de Willem Dafoe, mentor de Atlântida, cheio de carisma e energia de atuação.

"Aquaman" é cinema de diversão, com um pouco de mitologia e com uma lição de utilização de técnicas cinematográficas disponíveis graças ao desenvolvimento tecnológico e criativo da indústria do audiovisual.


[embedhttps://youtu.be/llJsEaqhNRk%20[/embed




 

 

 

 

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895