Surpreendente aliado

Surpreendente aliado

publicidade

aliado1

Há exatos 12 anos, Brad Pitt filmou com Angelina Jolie “Sr. e Sra. Smith”, onde dois espiões casados tentavam matar um ao outro. E acabaram se apaixonando durante as filmagens, com Pitt abandonando Jennifer Aniston. Pois agora fala-se que seu casamento com Angelina acabou por causa do filme “Aliados”, direção de Robert Zemeckis. Mais exatamente por causa do par romântico do ator no filme, a bela Marion Cotillard.

O filme tem uma trama muito semelhante ao filme citado no alto. A história transcorre durante a II Guerra Mundial, quando o espião inglês Max Vatan (Pitt) recebe uma missão em Casablanca, no Marrocos – matar um diplomata nazista –junto da espiã francesa Marianne Beausejour (Cotillard). Os dois acabam se apaixonando e ao voltar para Londres, Max decide levar Marianne junto e casar com ela.

 Só que no meio de tanto amor entre os dois, começam a surgir as dúvidas. Os chefes de Max recebem informações de que a francesa seria, na realidade, uma espiã alemã infiltrada. E põem Max na parede – ele tem de investigar a esposa e se, por acaso, se confirmarem as suspeitas do comando inglês, Marianne deve ser morta.

 No meio disso tudo, uma espetacular reconstituição de época, muito suspense e grande química de Pitt com Cotillard, que dá de dez em Angelina Jolie, tanto como atriz quando em beleza. E o final é algo que surpreendente, diferente do que costuma ocorrer no cinema hollywoodiano.

 

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895