Veloz e sem pensar

Veloz e sem pensar

publicidade

avelozes


Sim, a saga de Domenic Toreto (Vin Diesel) está chegando a seu oitavo filme - bem que na realidade

ele só participou de seis antes, pois houve ainda o longa passado em Tóquio sem o ator fortão.

Em "Velozes e Furiosos 8" (Fast and Furious 8), dirigido por F. Gary Gray, Toretto está curtindo a

aposentadoria em Cuba ao lado da amada Letty (Michelle Rodriguez) . Claro que as coisas não vão

ficar tão calmas assim.



Logo no começo, Toretto corre pelas ruas de Havana contra um cara que ameaçou seu sobrinho,

ameaçando ficar com o seu carro, numa corrida muito fake, cercada de figurantes mal-encenados,

numa cena beirando o patético. Mas isso é só um aperitivo, quando ele e sua trupe são convocados

para uma missão em Berlim, onde devem capturar uma arma mortal. Só que Toretto vai se virar

contra seus companheiros, motivado por uma chantagem feita pela vilã Cipher (Charlize Theron). A

motivação será explicada ao longo do filme ao longo de seus 136 minutos.




[embedhttps://youtu.be/KvSlvtPnZTo%20[/embed



E vão aparecendo personagens como o ex-policial Luke Hobbs (Dwayne Johnson, cada vez mais

bombado), o ex-inimigo Ian Shaw (Jason Statham), além do chefe do FBI, O Sr. Ninguém (Kurt

Russell) e seu comandado Sr. Ninguenzinho (Scott Eastwood), e até mesmo Hellen Mirren, como a

mãe de Ian. E tem muita correria pelas ruas de Nova Iorque, Berlim, e até uma perseguição na gélida

Sibéria já na finaleira.



"Velozes e Furiosos 8" (Fast and Furious 8) é mais do mesmo, com momentos exagerados, atuações

que beiram o amadorismo - as feições de Vin Diesel são sempre as mesmas, seja quando é ameaçado

pela vilã Cypher, quando perde um ente querido, ou quando conhece alguém importante para sua vida. E o personagem parece saído dos quadrinhos, pois nunca é derrotado. E os diálogos? Sem comentários.

Mas quem disse que vai ao cinema ver "Velozes e Furiosos 8" (Fast and Furious 8) querendo pensar,

né?



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895