Bigode volta a ser tendência em 2020
capa

Bigode volta a ser tendência em 2020

Onda nostálgica traz referências de beleza masculina

Por
Correio do Povo

Futuros mustaches também poderão ser combinados com modelos específicos de barbas

publicidade

A nostalgia invadiu a televisão e o cinema nos últimos anos, trazendo à tona a onda retrô. As tendências não são exclusivas do campo moda, mas também existem em outras áreas, como na beleza. Quem curte spoilers do que usar no próximo ano deve saber que uma das tendências de 2020 é o visual dos anos 1970 e 1980. A onda nostálgica traz as referências de beleza masculina e uma das maiores polêmicas: os bigodes.

Largos, finos e diferenciados, os mustaches, segundo o docente de Moda e Beleza do Senac Centro Histórico, Carlos Weisheimer, sempre dividem opiniões. Os bigodes estão mais presentes há certo tempo, mas no ano que está por vir estarão na moda de fato. “O ano de 2020 será mais bigodudo, no Brasil e no mundo”, brincou o docente.

 A aceitação entre os jovens está alta por causa da mídia musical e fanbases de séries como "Sintonia", "Stranger Things" e "Euphoria". “Jovens e público maduro se relacionam bastante com o bigode atualmente. O primeiro, via tendências retrôs das últimas temporadas e o segundo, via saudosismo”, lembrou Carlos.

Os futuros mustaches também poderão ser combinados com modelos específicos de barbas, mas as grandes apostas, de acordo com o docente, são: “bigodes largos e triangulares, bem clássico; fino e definido, bem jovem; médio com pontas longas e viradas para cima, bem imperial”.