Bloco Não Cutuca prepara seu desfile com Ensaio Geral neste sábado em São Leopoldo

Bloco Não Cutuca prepara seu desfile com Ensaio Geral neste sábado em São Leopoldo

Evento acontece na Praça da Biblioteca e vai contar com bateria, DJs, feira criativa e interações para as crianças

Camila Souza

publicidade

O Bloco Não Cutuca Que Eu Me Empolgo vai ocupar a Praça da Biblioteca, em São Leopoldo, neste sábado. O Ensaio Geral ocorre a partir das 15h e antecede o desfile de Carnaval do bloco, que acontecerá dia 11 de março.

A festa deste sábado contará com a presença da bateria do Brais, da escola de samba Protegidos da Princesa Isabel, DJs do bloco, make de Carnaval e interações para as crianças. Também haverá feira criativa com expositoras e expositores de diversos produtos, entre eles cosméticos, camisetas e produções personalizadas, alimentação e venda de chopp, esta como forma de arrecadar recursos para o bloco. As crianças poderão se divertir com pinturas infantis e os Bolheiros de São Leopoldo, das 15h às 18h. 

Com o tema de Carnaval 2023 “Ninguém vai poder querer nos dizer como amar”, o bloco já realizou duas festas no começo deste ano: “Aquece do Não Cutuca”, na Praça da Biblioteca, e o “Pré-Carnaval na Independência”, que reuniu cerca de 5 mil pessoas na Rua Independência no último dia 11. Para apoiar o bloco e marcar a temática do ano, estão sendo vendidas camisetas e canecas, que podem ser adquiridas diretamente na festa.

Conheça o Não Cutuca

O Bloco Carnavalesco Não Cutuca Que Eu Me Empolgo surgiu com o propósito de resgatar as tradicionais festas de rua dos anos 60 que ocorriam na região do Vale dos Sinos e para a criação de ambientes democráticos e ecléticos. 

Desde sua primeira aparição nas ruas de São Leopoldo, em 21 de fevereiro de 2015, o bloco vem crescendo e movimentando mais de dez mil pessoas a cada ano.

De caráter popular, sem viés lucrativo e organização por autogestão, as ações encaminhadas e executadas são realizadas por uma equipe voluntária. A prioridade é o livre acesso social e, por isso, os eventos culturais realizados são gratuitos e fomentados financeiramente pela economia criativa e rede de pessoas apoiadoras, em espaços públicos da cidade.


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895