Cabelos coloridos já!

Cabelos coloridos já!

publicidade

re5

O tingimento de cabelos é algo tão natural que é quase raro encontrar alguma mulher que já não tenha feito o procedimento, nem que seja uma vez na vida. Seja pintando o cabelo de louro, preto e até ousando com um vermelhinho. E pintar nas cores não tradicionais também virou algo tão corriqueiro que já não se estranha mais quando se vê, tanto meninas quanto os meninos, com os cabelos pintados de azul, rosa, laranja ou verde. A onda já vinha acontecendo nas redes sociais em que fotos de pessoas anônimas, mas muito cools, apareceram com a cabeleira com uma cor diferente. E isso influencia bastante os jovens.

Como é o caso da publicitária, Renata Carolina, que no ano passado aderiu totalmente a cor rosa nas suas madeixas. Ela conta que viu muitas referências na internet e escolheu esta cor por combinar mais com o seu tom de pele, que é bem morena. "Eu adorava ter cabelo colorido. Sempre deixa o look mais alegre", afirma a publicitária.  Infelizmente, Renata parou de pintar o cabelo, voltando aos tons louros, pelo trabalho que dava de ter que sempre retocar com uma frequência maior que as cores naturais.

m1

Agora quem influenciou a formada em moda, Cindy da Rosa, foram seus ídolos teens, como Katy Perry, que ama cabelos coloridos. E claro, a famosa rede Tumblr também foi outro meio pelo qual a jovem se interessou ainda mais por essa estética. Cindy enfatiza: "através da minha curiosidade e interesse pela cena pop atual, acabei conhecendo diversas outras fontes dessa estética mais divertida e jovem, então as cores que eu escolho para pintar meu cabelo são também retiradas de posts no tumblr, tanto de marcas que eu gosto quanto de pessoas que eu considero cool." 

m2

cindy (3)Cindy não ficou apenas em uma cor depois que pintou pela primeira vez. Desde que começou esta mania, já pintou o seu cabelo mais de uma vez nas cores "não-tradicionais", passando pelo roxo, branco, verde e agora anda desfilando por aí com os cabelos azuis. Mas ela conta que não é toda esta maravilha assim. "Com a descoloração eu perdi muita quantidade e tive muita quebra nos fios. É questão de buscar restaurar o cabelo, mas também de ter o entendimento de que cabelo colorido é resultado de um processo longo", informa. Apesar da manutenção ser trabalhosa, tendo que retocar de cor no mínimo de 20 em 20 dias, ela não pretende voltar a ter os cabelos com cores "normais" tão cedo.  "Eu não perderia a liberdade e a diversão que o cabelo colorido me traz", afirma.

Seapunk

E olha onde as cores já andaram sendo aderidas. As barbas e os cabelos masculinas também ganharam novos tons na onda do Merman Beard/Hair, em que a técnica consiste em tingir os pelos faciais e os cabelos nas cores que lembram o mar, por isso o trocadilho com o nome sereia. A moda veio da subcultura do seapunk, que mistura elementos do mar e o punk, com um apelo estético bem chamativo, não? O seapunk já chegou nas passarelas e campanhas de moda, como na coleção masculina primavera-verão 2016  da Saint Laurent e na outono-inverno 2015/16 da Versace.

m4

Quer aderir ao movimento dos cabelos coloridos? Então já fique atenta de que o processo é bem trabalhoso e precisa de cuidado em dobro. Primeiro de tudo é necessário descolorir o cabelo, principalmente se você tem o cabelo muito escuro. Depois é escolher a cor preferida. Algumas pessoas optam pela anilina, porque a cor dura mais, mas é preciso lembrar que não se trata de um produto uso capilar e as reações dependem de cada pessoa. Existem as opções das colorações fantasias que são vendidas em farmácias e perfumarias. São produtos de pigmentos puros e atuam na superfície do fio. A desvantagem é que o efeito dura quatro semanas, no máximo, dependendo da quantidade nas lavagens. Mas nada que vá tirar a vontade de quem quer uma mudança no visual, não é?

por Louisiane Cardoso


Fotos: Reprodução / Instagram / CP 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895