Bases

Bases

Alina Souza

Aposentada Jandira da Conceição Dias, 79 anos, moradora do bairro Santa Tereza, teve o telhado de sua casa parcialmente destruído pelo temporal do dia 06 de março.

publicidade

É triste, eu sei. Mas é muito mais que isso. É lição de vida. Prova de perseverança. Jandira da Conceição Dias, 79 anos, moradora do bairro Santa Tereza, em Porto Alegre, teve o telhado de sua casa destruído pelo temporal de domingo passado. Dois dias após o ocorrido, a situação ainda não havia sido normalizada na região. Sem luz, sem água e sem teto – no sentido literal. Ela e sua neta, destemidas e unidas, encaravam o céu nublado, a existência cheia de instabilidades e, contudo, encontravam perspectivas de reconstrução. Começar mais uma vez, começar quantas vezes forem necessárias. Juntar pedaços de sonhos, reerguê-los, encaixá-los firmemente. Diante destas mulheres, percebi que os ventos abruptos podem até levar adiante o material, a superfície, mas as bases permanecem interpostas, interligadas, pregadas ao íntimo, feito cruzamentos de vivências indeléveis, superiores a quaisquer intempéries. Eu vi um céu abrir nos olhos de dona Jandira, tão claro, límpido, mesmo com as nuvens ao nosso redor prenunciando o medo de uma nova tempestade.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895