Dinâmica
capa

Dinâmica

Por
Alina Souza

Jogo de câmbio em quadra na orla do Guaíba.

publicidade

Outubro iniciou com uma pauta que me deixou entusiasmada, pensando em como a vida pode ser longa e leve, dependendo de como encaramos as partidas e celebramos as vitórias no decorrer da estrada. Acompanhei um jogo de câmbio relacionado às comemorações do Mês do Idoso. Em pleno sol do fim da manhã, os jogadores com o dobro da minha idade transpiravam energia, animação. “Eles são fortes”, constatei. Uma força que está mais na mente do que propriamente nos músculos. Agarravam a bola com a determinação de quem já agarrou muitos objetivos, repassavam-a para os colegas com sincronia e companheirismo, lançavam-a tal qual se projeta uma ideia rumo ao sucesso. Não deixavam se abater pelo calor sufocante. Uma pausa, uma água, e o recomeço. Percebi que não era bem uma disputa ferrenha com o time oposto, mas sim uma superação de cada um dos jogadores, prova de vitalidade, demonstração que nunca é tarde para projetarmos a jogada certeira e vencermos nosso próprio cansaço.

Texto e fotos: Alina Souza