Árbitro relata agressão
capa

Árbitro relata agressão

Diz que foi o médico do Bagé que derrubou o treinador do Cruzeiro, Fernando Agostini

publicidade

Jeferson Eduardo Custodio Moraes foi o árbitro de Bagé 0 x 0 Cruzeiro, partida que abriu a Copa Seu Verardi, domingo, no estádio Pedra Moura.
Jeferson relata em súmula os acontecimentos de final de jogo. 
Diz que foi o médico do Bagé, Paulo Machado,  que derrubou o treinador do Cruzeiro, Fernando Agostini. 
Há um vídeo mostrando a cena. 
Lamentável que fatos assim continuem fazendo parte do cenário do futebol interiorano. 
Abaixo, a súmula na íntegra.
"Foi expulso aos 74 minutos quando o jogo estava parado o Sr. PAULO ROBERTO SANDIN MACHADO CRM 17079, relacionado como MÉDICO DA EQUIPE: G.E.BAGÉ. Por sair do seu reservado, indo em direção ao campo de jogo e atingir com um empurrão o atleta de nº 06
da equipe: S.C Cruzeiro Sr. Ivan de Lima. E o Treinador do G.E. Bagé : RINALDO LOPES COSTA, deixou o seu reservado normalmente.
Durante a mesma paralisação o Sr. FERNANDO AGOSTINI, Relacionado como Técnico da equipe: E.C CRUZEIRO FOI ADVERTIDO COM CARTÃO AMARELO. Por reclamação.
Ao final da partida FOI EXPULSO O SR. FERNANDO AGOSTINI, TECNICO E.C. CRUZEIRO por sair da sua área técnica, partindo em direção ao quarto árbitro gritando, abrindo os braços e reclamando de forma acintosa. Em ato contínuo, entrou novamente no campo de jogo o SR. PAULO ROBERTO SANDIM MACHADO e atingiu com um empurrão o Sr. FERNANDO AGOSTINI. derrubando-o ao solo.
A Brigada Militar teve que ser empregada para dispersar tumulto entre as Comissões Técnicas de ambas equipes. Provocado pela atitude do Dr. PAULO MACHADO.
Ainda em tempo o Doutor Paulo Machado permaneceu no seu reservado após sua expulsão por não ter outro médico relacionado na partida".