Inter sem recursos para investir no futebol
capa

Inter sem recursos para investir no futebol

Clube irá buscar jogadores sem custo e que venham pelo salário

publicidade

O Internacional contratou o volante Damián Musto, que estava no Huesca, da Espanha.
Vem sem custo, pelo salário, e por empréstimo até o final de 2020.
O jogador de 32 anos iniciou sua carreira profissional no Quilmes, em 2006.
Também atuou no Atlético Tucumán, onde jogou de 2008 até 2010, até transferir-se para o Spezia, da Itália, e depois regressar ao futebol argentino, atuando no Olimpo e Rosário Central.
Perguntei para Rodrigo Caetano, diretor executivo do Inter, se um primeiro volante era prioridade.
Segundo ele, Lindoso atua na segunda função e até na terceira. Foi primeiro durante boa parte de 2019 em virtude da lesão de Dourado.
Por outro lado, Dourado só deve retornar aos gramados em fevereiro.
Musto foi indicação do treinador Eduardo Coudet.
Há diferentes pontos de vista entre os dirigentes colorados sobre o futebol de 2020.
Alguns afirmam que o Inter economizará R$ 4 milhões com a dispensa ou venda de vários jogadores (Bruno, Brenner, Emerson Santos, Rithely, Matheus Galdezani, Bruno Silva, Neilton, Carlos Miguel, Nico López, Santiago Tréllez, Charles...), outros dizem que o valor chegará nos R$ 2,5 milhões.
Há os que garantem que os R$ 4 milhões que o clube deixará de gastar serão investidos no futebol, na montagem do time para 2020.
Para os mais cautelosos, os R$ 2,5 milhões não são para investimentos.
Em 2019 o custo do futebol estava orçado em R$ 283 milhões.
Para o ano que vem baixou para R$ 255 milhões.
Diminuiu, portanto.
Por ougtro lado, não adianta o torcedor colorado sonhar com o dinheiro do investidor e parceiro do clube, Delcir Sonda, para a montagem de uma equipe.
O empresário teve participações nas chegadas de D'Alessandro, Aránguiz, Nilmar e Kleber, entre outros jogadores.
Vai muito tempo a FIFA anunciou a proibição da participação de empresários e grupos de investimento em direitos econômicos de atletas.
Embora neste ano Sonda encontrou um outro meio de seguir investindo no seu clube do coração, através de um patrocínio na camisa.