Onze questões bizarras
capa

Onze questões bizarras

O mundo tornou-se (in)coerente?

publicidade

1) Estados Unidos praticaram ato terrorista para impedir terrorismo?

2) Ministro da Educação escreveu "imprecionante" como pegadinha de português?

3) A censura voltou no Brasil pela porta da frente?

4) Democracia é quando todos concordam ou quando se aceita a discordância?

5) Guaidó subiu na grade da Assembleia Nacional e foi repelido pela guarda bolivariana só pela birra de não querer entrar sozinho pela porta principal?

6) Amazônia queimou 30% a mais em 2019 em relação a 2018, mas isso deve ser considerado normal, pois a Austrália também queimou para consolo do nosso ministro do Meio Ambiente?

7) A justiça japonesa não era um exemplo para o mundo?

8) A sociedade deve compreender o atraso de salários por um governo que se diz quebrado, mas não a greve dos professores e a exgência de receber pelos dias parados, que se comprometem a recuperar imediatamente?

9) Colocar o pai no asilo e sair para passear com o cachorro expressa a face egoísta da sociedade hipermoderna ou é uma apenas uma tirada de mau gosto?

10) Há uma conspiração da mídia internacional contra o governo brasileiro?

11) O pior ainda está por vir?