Estudiantes vence o Boca em último grande teste antes de enfrentar o Grêmio pela Libertadores
capa

Estudiantes vence o Boca em último grande teste antes de enfrentar o Grêmio pela Libertadores

Por

publicidade

Foto: Estudiantes / Divulgação


O renovado time do Estudiantes conquistou uma grande vitória nesta segunda-feira pela segunda rodada da Superliga Argentina. Jogando em Quilmes, o Pincharrata venceu o Boca Juniors por 2 a 0 em uma partida de muita imposição física sobre o atual bicampeão argentino. Fabián Noguera e o garoto Matías Pellegrini marcaram os gols do jogo.

O Estudiantes fez uma partida dentro da sua característica. Abrindo mão de trabalhar a posse de bola, a equipe fez um jogo bastante direto e teve as bolas paradas como ponto forte. Com repertório de jogadas levou vantagem na maior parte das disputas pelo alto na área do Boca Juniors. Mesmo assim, o primeiro tempo foi de poucas chances de gol. O Boca finalizou uma vez no alvo, com Cardona, e teve outra chance em chute cruzado de Zárate que passou à direita do gol de Andujár. Já o Estudiantes não conseguiu finalizar no gol de Andrada durante a primeira etapa.

No segundo tempo, o técnico Leandro Benítez mandou a campo o ex-jogador do Santos Fabián Noguera no lugar de Facundo Sanchez, lesionado. E Noguera deu mais qualidade ainda para o jogo aéreo do Estudiantes. Ele conseguiu ganhar pelo alto aos 12 minutos e obrigou o goleiro Andrada a fazer uma grande defesa. A bola foi para escanteio e novamente Noguera cabeceou. Dessa vez, a jogada ensaiada teve o desvio de Jonathan Schunke no primeiro pau e Noguera, no meio da área, testou sem chances para Andrada para abrir o placar aos 13.

Após o gol, o técnico xeneize Guillermo Schelotto mandou a campo o centroavante Ábila e o veloz atacante Villa, que teve boa chance para empatar, mas parou em Andujár. As mudanças fizeram o Boca perder consistência no meio-campo, que passou a ser controlado pelo Estudiantes. Foi aí que apareceu a qualidade do jovem Matías Pellegrini. Ele se aproveitou de falha de Magallán aos 30 minutos e deixou Paolo Goltz para trás antes de finalizar para vencer Andrada, 2 a 0.

Com a vitória, o Estudiantes se recupera da derrota para o Godoy Cruz na primeira rodada, quando teve um homem a mais por 70 minutos e mesmo assim não conseguiu marcar sequer um gol. Já o Boca Juniors teve quebrada uma marca que já durava 617 dias com a derrota. O Xeneize vai terminar uma rodada fora da liderança no Campeonato Argentino pela primeira vez desde dezembro de 2016.

O jogo contra o Boca Juniors foi o último grande teste do Estudiantes antes da partida de volta das oitavas de final da Libertadores contra o Grêmio. O Pincha ainda encara o Belgrano na próxima sexta-feira pela Superliga, mas a tendência é de que o técnico Leandro Benítez poupe boa parte dos titulares.