Superliga Argentina volta com confronto entre River e o invicto Defensa y Justicia
capa

Superliga Argentina volta com confronto entre River e o invicto Defensa y Justicia

Por

publicidade

Foto: SAF / Divulgação / CP


A bola vai rolar pela primeira vez em 2019 para a Superliga Argentina 2018/19. Neste sábado, às 21h (de Brasília), o River Plate receberá o Defensa y Justicia no Monumental de Núñez em jogo atrasado da oitava rodada.

 

A Superliga Argentina ainda vai recuperar outra partida atrasada neste final de semana. No domingo, San Lorenzo e Huracán vão se enfrentar em clássico marcado para as 19h no Nuevo Gasómetro. A Fox Sports, que tem os direitos do Argentino para o Brasil, vai transmitir apenas o jogo entre River e Defensa y Justicia.

 

Para o primeiro compromisso oficial do River no ano, o técnico Marcelo Gallardo vai repetir a escalação do amistoso contra o Nacional, do Uruguai, na terça-feira com: Armani; Montiel, Martínez Quarta, Pinola, Casco; Enzo Pérez, Nacho Fernández, Palacios, Quintero; Pratto e Borré.

 

O River Plate perdeu dois titulares da campanha do título da Libertadores para este ano, o zagueiro Maidana e o meia-atacante Pity Martínez. Para o lugar do defensor, o clube contratou o paraguaio Robert Rojas. Para o setor ofensivo, o nome da vez é o de Matías Suárez, do Belgrano. A negociação com o clube de Córdoba, no entanto, ainda não está finalizada.

 

Por conta da reta final da Libertadores do ano passado, o River Plate teve quatro jogos adiados na Superliga Argentina - os outros três serão recuperados ao longo do semestre. Os Millonarios somam 19 pontos e estão em 11º lugar no torneio argentino.

 

Defensa é surpresa

O Defensa y Justicia é a grande surpresa da Superliga Argentina. A equipe treinada pelo ex-auxiliar de Jorge Sampaoli, o cabeludo Sebastián Beccacece, é a vice-líder da competição, com 30 pontos - seis menos que o Racing. O Defensa y Justicia é o único invicto na Superliga.

 

A classificação da Superliga Argentina:



 




Visualizar esta foto no Instagram.





 

Uma publicação compartilhada por Superliga Argentina de Fútbol (@argsaf) em