Livro "Chapeuzinho, lobos usam internet" aborda o tema pedofilia
capa

Livro "Chapeuzinho, lobos usam internet" aborda o tema pedofilia

Autora utiliza elementos do clássico Chapeuzinho Vermelho para tratar do assunto

Por
Correio do Povo

Rosaide Gomes dos Anjos conta a história da jovem Luísa Chapeu, que sai em busca de seu pai pelo mundo virtual

publicidade

*Andressa Miranda (5º semestre Ulbra)

Através de uma releitura do clássico Chapeuzinho Vermelho, a autora Rosaide Gomes dos Anjos conta a história da jovem Luísa Chapeu, que sai em busca de seu pai pelo mundo virtual, encontrando perigos, o desconhecido, o lobo mau, ou, como chama a autora, um predador sexual. A busca de Luisa é o gancho escolhido para Rosaide tratar do tema pedofilia.

Este foi um assunto escolhido pelo desejo de abordar o tema de forma que todos pudessem ler, “não chocar as pessoas, mas alertá-las”, como relatou a autora da obra "Chapeuzinho, lobos usam internet". Segundo dados de denúncias registradas a partir do balanço anual da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos de 2017, a violência sexual contra crianças e adolescentes ficou entre 15 mil e 20.330 mil registros e, como afirmou Rosaide, o escritor tem um papel importante, tem a sua responsabilidade, no momento em que ele é um formador de opinião.

“Minha maior preocupação e minha maior recompensa é eu saber que meu livro pode evitar, pode fazer com que uma criança repense, com que uma mãe repense, que as pessoas repensem e que possam acolher essa criança, que ela se sinta segura”, conta a autora, momentos antes de ir para a sessão de autógrafos da obra na Feira do Livro de Porto Alegre, no dia 12 de novembro.

Contente com o retorno que vem recebendo de "Chapeuzinho, lobos usam internet", ela relata seu processo até conseguir publicar o livro, que teve seus cinco anos de espera, estando já nas mãos de diversas pessoas, de jovens a professores. Rosaide ainda afirma que sua obra foi classificada pela editora Sulina como para um público a partir da 6ª série e ensino médio, na faixa etária dos 11 anos.

O livro está disponível no site da editora Sulina.