No Outback Brasil cerca de 85% dos sócios-proprietários vieram da cozinha ou do salão do restaurante
capa

No Outback Brasil cerca de 85% dos sócios-proprietários vieram da cozinha ou do salão do restaurante

Marca incentiva crescimento e tem um plano de carreira bem estruturado; sócia de Porto Alegre é exemplo

Por
Correio do Povo

Em maio de 2017, Renata Fleck assumiu como proprietária da unidade do BarraShoppingSul

publicidade

O ambiente de trabalho do Outback Steakhouse e o plano de carreira são excelentes motivos para se tornar um Outbacker, como são chamados os funcionários do restaurante. Cerca de 85% dos atuais sócios-proprietários da marca vieram da operação, ou seja, da cozinha ou do salão, e cresceram na casa. A política de remuneração e progressão de carreira no Outback privilegia os funcionários a se tornarem sócios das novas unidades.

 

E para se tornar um outbacker não é necessário ter experiência, pois todos os colaboradores passam por treinamentos. A única exigência é a dedicação, além de um perfil dinâmico e vontade de crescer. E essa vontade é o que faz com que grande parte das pessoas dentro da companhia cresça. O Outback é uma das maiores empresas de casual dining do mundo e, ao contrário do que se imagina, as unidades brasileiras não são franquias. Cada uma das unidades é liderada por um sócio-proprietário com vasta experiência na área de restaurantes e que preza pela excelência no atendimento ao cliente. Antes de se tornar sócio, o empreendedor escolhido passa por cerca de dez meses de treinamento para se adequar ao padrão da rede internacional.

 

Um grande exemplo de outbacker que começou no operacional do restaurante e chegou ao posto de sócio da companhia está em Porto Alegre. A sócia-proprietária da unidade do BarraShoppingSul, Renata Fleck, entrou para o Grupo em 2010. Com apenas 21 anos, ela foi selecionada para a função de hostess pelo proprietário na época, Naldo Barbosa.

 

Em apenas seis meses de atuação, Renata foi promovida ao cargo de treinadora de área, e em 2012 chegou ao posto de coordenadora de plantão. Pensava em alcançar uma posição na cozinha do Outback, visto que sempre gostou do envolvimento com as panelas. Depois de 20 meses no cargo, nova promoção, desta vez para assumir como manager na nova loja que estava sendo inaugurada em Porto Alegre, no BarraShoppingSul.

 

O desafio era enorme, pois Renata ainda precisaria se desenvolver na gestão de pessoas para lidar com toda a equipe. Além disso, teria que se aprofundar na relação com fornecedores e assumir a responsabilidade pelo alto padrão de qualidade no atendimento aos clientes.

 

Renata encarou a empreitada com extrema dedicação. Com o passar dos meses, ganhou experiência e demonstrou excelência em sua nova função. Passou a conhecer cada detalhe do funcionamento da nova loja e cresceu junto com o Outback do BarraShoppingSul.

 

Os resultados positivos no cargo a conduziam ao maior posto do restaurante. Em maio de 2017, assumiu como proprietária. Ainda jovem, se sente constantemente desafiada a alcançar números cada vez melhores. A trajetória, no entanto, gera orgulho pelo caminho de sucesso já trilhado. Para uma profissional formada em Engenharia de Alimentos, área de exatas, o lado humano falou mais alto.