Zardo Esquadrias se une à ONG Mulher em Construção e promove curso na capital

Zardo Esquadrias se une à ONG Mulher em Construção e promove curso na capital

De 27 de junho a 8 de julho, a empresa sediará o curso “Mulheres na Indústria: Introdução à produção de esquadrias de PVC”

Correio do Povo

Curso da Zardo acontece de 27 de junho a 8 de julho, na sede da empresa localizada no Quarto Distrito, com a inscrição gratuita e com vagas são limitadas

publicidade

Fomentar a inserção das mulheres no mercado de trabalho, um dos pilares da Zardo Esquadrias, é a grande a motivação da ONG Mulher em Construção, que, em parceria com o setor público e empresas do segmento da construção civil, já realizou cursos e oficinas gratuitos para mais de 5 mil mulheres.

De 27 de junho a 8 de julho, a Zardo sediará o curso “Mulheres na Indústria: Introdução à produção de esquadrias de PVC”, especialidade da fábrica. As aulas práticas abordarão os conceitos básicos sobre o material e o que é envolvido no seu processo de produção.

“O mercado de esquadrias de PVC vem ganhando cada vez mais espaço no Sul do país, mas a mão de obra ainda é escassa e sem experiência”, explica Júlia Zardo, sócia da Zardo Esquadrias. Foi a partir desse pensamento que nasceu a união com a ONG, visando a independência econômica de mulheres através da capacitação no trabalho da construção civil. Os cursos e oficinas gratuitos oferecidos pela instituição já atenderam mais de 5 mil mulheres.

O curso gratuito tem apoio da Kömmerling e acontecerá de segunda a sexta das 8h às 12h. Para participar, é necessário entrar em contato pelo telefone (51) 9.9548-6137.

Sobre a Zardo

Fundada em 2006 pelo casal Felipe e Ângela Zardo, foi em 2008 que a Zardo Esquadrias inovou e investiu em um produto mais caro e ainda desconhecido no mercado: as aberturas em PVC. A aposta deu certo e, com o crescimento da demanda, a filha do casal, a arquiteta Júlia Zardo, começou a trabalhar na empresa até entrar no quadro societário, em 2018. Depois de 16 anos de atuação como representante especializada, a Zardo novamente se reinventou e passou a ser fabricante de esquadrias sob medida para obras e reformas. O pavilhão fabril, recentemente aberto no quarto distrito, conta com a tecnologia alemã pioneira de perfis em PVC Kommerling para produzir infinitas tipologias de aberturas.

Sobre a ONG Mulher em Construção

A partir de um projeto-piloto implementado em 2006, Bia Kern, fundadora da ONG, que não tinha experiência na área, teve a iniciativa de firmar parceria entre professores voluntários e empresas ligadas à construção civil para ensinar às mulheres técnicas de pintura predial e texturas. O primeiro curso teve mais de 300 interessadas para ocupar as 25 vagas disponíveis. As aulas teóricas e práticas foram realizadas no Asilo Lar da Fraternidade, beneficiando os moradores com a remodelação das instalações internas. Desde a consolidação da instituição, já foram atendidas mais de 5 mil mulheres diretamente com cursos e oficinas gratuitos de capacitação para diversas áreas da construção civil e mais de 20 mil pessoas de forma indireta.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895