Choro pela partida repentina de Chico Tasca

Choro pela partida repentina de Chico Tasca

Colunista social do Correio do Povo lamenta a morte de um dos dois pilares do Barranco

publicidade

Luto

No Rio Grande do Sul todos, pelo Brasil afora milhares, muitos espalhados por todo planeta. São os clientes que hoje choram a partida repentina de Chico Tasca, um dos dois pilares do Barranco, recebendo sempre com um sorriso e aconselhando e servindo as melhores especialidades ao lado do também muito querido Elson Furini. Foi um choque muito grande para toda a cidade, ele fará muita falta e deixa um sentimento de saudade e vazio nos clientes, na verdade, amigos que ele fez ao longo dos anos. O Barranco é, talvez, a churrascaria mais tradicional de cidade, com mais alma e personalidade, lugar alegre, gostoso e com equipe impecável. Será muito difícil preencher a “vaga” dele. Ele era especial. E inesquecível.

 

Ballet

Além de muito bonito, charmoso e excelente bailarino, Patrick Bublitz é neto da maitre de ballet Vera Bublitz e tem encantado o público. Depois do temporal que atingiu a cidade, a companhia de vera Bublitz volta ao palco nesta terça, no Poa Drive In Show, Praia de Belas nos mesmo horários anteriores e com a estrela Julinha Xavier, encenando Coppélia, já dançado por Fernando Bujones no antigo Teatro Leopoldina. Serão três apresentações.

 

Rainbow Donuts

A empreendedora Débora dos Santos e os empresários Solange Calderon e Daniel Calderon chegou ao Brasil, já com dez franquias instaladas em Santa Catarina e RS. São os Rainbow Donutz com experiência americana e estrutura delivery. No início de 2021, abrem no Rio de Janeiro.

 

Yes, nós temos banana

A correspondência do criador do Suco Tropical de Banana, empresário Sadi Chittó, vem com todos os protocolos e registros da produção inventada por ele, trabalho de 20 anos em Torres, sem açúcar nem conservantes.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895