Novo livro de Eduardo Rodrigues na praça

Novo livro de Eduardo Rodrigues na praça

"O Mínimo Essencial - Duas ou três coisas que e outras que os gênios da música me ensinaram" traz 120 frases-síntese, espécie de verbetes, aforismos sobre grandes nomes da música

Livro de Eduardo Rodrigues traz 120 nomes da música e algumas frases-síntese sobre o que representam para o autor e para a música

publicidade

Mínima música comum 

Quem na matemática não estudou o mínimo múltiplo comum e o máximo denominador comum. No caso do jornalista Eduardo Rodrigues, de 53 anos, a fórmula adotada foi a mínima música comum no livro “O Mínimo Essencial – Duas ou três coisas que sei e outras que os gênios da música me ensinaram”, lançada pela sua editora Capítulo 1. Sexto livro do autor, a obra tem uma antologia de pequenas citações ou conhecimentos do autor que servem como gatilhos que os leitores procurem um referencial mais aprofundado sobre nomes como Ron Carter, John Coltrane, Sammy Davis Jr., Wes Montgomery, B.B. King, Stan Getz, entre outros. São 120 nomes. A  apresentação é do jornalista e crítico de música Juarez Fonseca e do escritor Luis Fernando Verissimo, na quarta capa. Segundo Eduardo, “às vezes não é necessário contar tudo ao leitor. Basta acender a faísca, e pronto: mordido pela curiosidade, ele se lançará com a velocidade de um felino à caça de informações complementares sobre a vida e a obra de grandes personagens”. O texto conciso vem acompanhado do traço de Alexandre Oliveira, que criou 25 ilustrações de artistas que dispensam apresentações. Na parte final do livro, o autor acrescenta uma playlist para acompanhar a leitura em boa companhia. O livro já está à venda desde a semana passada na Livraria Bamboletras (Prêmio Jacarandá de Instituição Cultural do Ano), com acesso pelo fone (51) 3221-8764. Eduardo é jornalista, editor e escritor. Ele se formou comigo na Unisinos em Jornalismo lá pelos anos 1990. Já trabalhou no Diário Gaúcho e no nosso Correio do Povo. É um cara com quem se pode conversar de tudo. De Otto Maria Carpeaux a John Coltrane, de Voltaire a Thelonious Monk. O livro é a dica da semana para o leitor. Ele também ajudou na minha ignorância sobre nomes como a cantora Lorez Alexandria e o cantor e pianista Jimmy Rushing.  

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895