Apesar de resistências, POA pode flexibilizar mais o uso de máscaras

Apesar de resistências, POA pode flexibilizar mais o uso de máscaras

No entanto, governo do Estado avalia liberação do uso de máscaras em ambientes fechados como “não é adequada neste momento”

Taline Oppitz

Uso de máscaras em ambientes abertos é apenas recomendado

publicidade

O prefeito Sebastião Melo (MDB) coordena nesta sexta-feira, às 10h, reunião com a equipe de governo para debater a flexibilização do uso de máscaras em ambientes fechados. No encontro, serão avaliados os últimos dados epidemiológicos de Porto Alegre e a cobertura vacinal. Considerando o cenário de redução nas internações e contaminações e o alto índice de cobertura vacinal da Capital, uma das mais altas do país, a liberação pode ser concretizada. O tema, no entanto, enfrenta resistências internas no Paço Municipal.

Na última sexta-feira, Melo editou decreto tornando apenas recomendado o uso da proteção facial em locais abertos. Em seguida, o governo gaúcho, que já discutia a pauta há algum tempo, adotou a mesma decisão. No caso do avanço para ambientes fechados, porém, a postura é de cautela no Executivo estadual. Conforme já antecipado pela coluna, de acordo com o coordenador do comitê científico do Gabinete de Crise do Piratini, Bruno Naundorf, a liberação da proteção em ambientes fechados, que será discutida pela prefeitura de Porto Alegre, “não é adequada neste momento”.

No interior do Rio Grande do Sul, alguns municípios já adotaram a flexibilização, mesmo sem aval estadual. Segundo o procurador-geral de Justiça, Marcelo Dornelles, em entrevista ao programa ‘Esfera Pública’, da Rádio Guaíba, caso os municípios que avançarem para a liberação em ambientes fechados comprovarem que têm condições e situações que permitam a atitude, não haverá problemas. Já, se a decisão não for compatível com a realidade local, o Ministério Público irá entrar em cena, com orientações e, se necessário, com atitude mais enérgica.

Veja Também

 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895