Governador e pré-candidato ao Planalto: Leite cumpre agendas duplas

Governador e pré-candidato ao Planalto: Leite cumpre agendas duplas

O movimento, contudo, é um desafio a mais nas articulações

Taline Opptiz

Em seu instagram, o governador compartilhou as fotos da sua visita a Caruaru em Pernambuco

publicidade

As articulações do governo gaúcho visando a aprovação, pela Assembleia, do projeto de privatização da Corsan e dos textos referentes à regionalização do saneamento, todos marcados por resistências, inclusive de integrantes da base aliada, serão marcadas por um desafio extra. Tradicionalmente, em situações que envolvem risco de derrota no Legislativo, o governador Eduardo Leite (PSDB) entra em campo pessoalmente nas negociações. Agora, no entanto, Leite está cumprindo agendas duplas.

De governador e de pré-candidato que enfrentará as prévias no PSDB, em 21 de novembro, na tentativa de ser o representante do PSDB ao Planalto em 2022. Seu principal adversário na briga interna é o governador de São Paulo, João Doria, fardadíssimo para a disputa. Reportagem da jornalista Flavia Bemfica, publicada na edição de segunda-feira do Correio do Povo, evidencia a gincana das agendas do tucano, que está se dividindo entre o Rio Grande do Sul, deslocamentos frequentes para São Paulo e viagens para outros estados do país.

Veja Também

Segundo o levantamento apresentado na reportagem, as agendas do governador vêm se intensificando pelo menos desde o início de julho. Ainda neste mês, já há atividades como pré-candidato programadas no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O segundo semestre deste ano é considerado decisivo à aprovação de projetos do Executivo, já que com a proximidade do calendário eleitoral, no ano que vem, quando ocorrerão as disputas, a pauta da Assembleia e as votações, como de praxe, são consideravelmente atingidas. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895