Cooperativa Agroindustrial Alegrete: uma história de inovação e tecnologia
CONTEÚDO PATROCINADO
Correio + Conteúdo

Cooperativa Agroindustrial Alegrete: uma história de inovação e tecnologia

A história da CAAL começou oficialmente em 3 de dezembro de 1977 e sua trajetória se confunde com o desenvolvimento do cooperativismo na cidade de Alegrete

COLABORE

As marcas de arroz produzidas pela cooperativa são exemplos do nível em eficiência e qualidade

publicidade

Há 43 anos com uma importante história no desenvolvimento da agricultura de arroz, a Cooperativa Agroindustrial Alegrete Ltda (CAAL), é uma das principais cooperativas de arroz do Rio Grande do Sul. Devido ao empenho de associados, diretores e funcionários, está em constante desenvolvimento. A busca pela sustentabilidade é um dos destaques da cooperativa que investe em inovação e tecnologia.

A cooperativa consome eletricidade quase na sua totalidade proveniente de fontes renováveis. A casca de arroz, de problema ambiental passou a solução limpa, com a Usina Termoelétrica abastecendo toda a planta industrial. O sol também é um aliado, pois a usina solar da CAAL abastece outras unidades. Segundo José Alberto Pacheco Ramos, presidente da CAAL, a cooperativa é autossuficiente em energia e também comercializa o valor excedente. “Acreditamos no cooperativismo como uma força propulsora, promovendo inovações sustentáveis e assim contribuindo com o crescimento da região alegretense”.

As marcas de arroz produzidas pela cooperativa são exemplos do nível em eficiência e qualidade. A CAAL continua investindo para se manter atualizada e eficiente, sendo as suas principais atividades receber, armazenar e comercializar arroz.

Outro diferencial é a unidade industrial, onde a secagem do arroz é feita totalmente a partir do vapor, resultando em um produto livre de cheiro e gosto indesejável. Para o arroz ser devidamente transportado para o cliente, a operação é feita com robôs, algo que agiliza o processo. No setor de varejo, a CAAL oferece um reestruturado Centro Comercial.

Os planos da CAAL para os próximos anos, de acordo com o presidente da cooperativa, são continuar com o fortalecimento, modernização e inovação “Essa é uma constante da cooperativa, sempre procurando alternativas de aumentar a produtividade, de redução de custos e de automação”, afirma. A história de 43 anos da cooperativa continua sendo escrita, tendo a cooperação e a confiança como os trilhos que conduzem ao sucesso. 

Como começou a CAAL  

A história da CAAL começou oficialmente em três de dezembro de 1977 e sua trajetória se confunde com o desenvolvimento do cooperativismo na cidade de Alegrete. Em 1949, um grupo de produtores fundou a Cooperativa Arrozeira Alegretense. Algum tempo depois, ela se uniu com a Cooperativa Orizícola Progresso, que já havia incorporado a Cooperativa Tritícola. Após isso, há 43 anos, foi constituída a Cooperativa Agroindustrial Alegrete Ltda, que em 1999 também incorporou a Cooperativa Rizícola Santa Terezinha, tornando-se a única cooperativa de arroz do município. De acordo com o presidente José Ramos, “A partir daí continuamos sempre contribuindo com os nossos produtores, com os cooperados, integrados na comunidade alegretense”. O presidente destaca ainda que a Cooperativa está cada vez mais fortalecida e participa do mercado nacional. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895