Feevale desenvolve ações em diferentes setores em tempo de pandemia
CONTEÚDO PATROCINADO

 

Feevale desenvolve ações em diferentes setores em tempo de pandemia

Universidade fortaleceu área de tecnologia, em projetos para empresas e também em ações para a comunidade. Mais de 16 mil testes de covid foram realizados em 150 dias.

Por
COLABORE

Reitor Cleber Prodanov


publicidade

Inovação e qualidade de ensino aliados a tecnologia. Com essas bases de trabalho a Universidade Feevale, de Novo Hamburgo, buscou atuar nesse ano de pandemia. Com tantas mudanças no cenário mundial, importantes projetos foram mantidos, assim como iniciativas se tornaram o diferencial da Universidade, que hoje atua em diferentes setores da sociedade visando promover o desenvolvimento regional.

Com 13 mil alunos em todos os níveis de ensino e mais de 1.300 funcionários, desde o dia 15 de março as principais atividades da Universidade passaram a ser desenvolvidas de forma online. Nem por isso as atividades foram reduzidas, segundo o reitor Cleber Prodanov,“ Nesse momento unimos forças e ampliamos nosso envolvimento com a comunidade. Na área da saúde conseguimos ter importantes avanços, com nosso laboratório que é um dos maiores do país hoje. Entendemos que nosso comprometimento vai muito além da sala de aula”.  A Universidade realizou mais de 16 mil testes de detecção de covid-19 em 150 dias.

Esse serviço prestado para a comunidade começou de forma local, no início da pandemia, mas em função da demanda, acabou sendo ampliado para 38 municípios conveniados, na maioria dos vales do Sinos e do Caí. Além das cidades, a Feevale também realizou testes para mais de 150 empresas. “Desenvolvemos ações tecnológicas e inovadoras, visando dar apoio às municipalidades e às empresas para o enfrentamento da pandemia”, destaca Cleber.

 A qualidade dos testes realizados no Laboratório da Universidade foi aprovada pela Controllab. Atualmente, o percentual de casos positivos, na área de abrangência de atuação da Universidade, está estabilizado em 25%.

Esse apoio na área da saúde tem sido fundamental nesse período. Mas em outros setores a Universidade também desenvolveu importantes ações comunitárias. A Feevale tem mais de 150 projetos de pesquisa e outros 37 projetos em 35 grupos de pesquisa. Esse incentivo à inovação perpassa a sala de aula, assim como o Feevale Techpark. Um local com espaço para instalação de empresas e centros de pesquisa voltados ao desenvolvimento científico e tecnológico.

O parque é um ambiente de inovação e empreendedorismo, com foco regional, multicampus e multisetorial. Atualmente tem unidades nas cidades de Campo Bom, Novo Hamburgo e Porto Alegre. Ao todo são 75 empresas envolvidas, de acordo com Cleber Prodanov, “Nesse período de pandemia fizemos de tudo para manter todas as empresas nesse projeto, pois entendemos que nossa contribuição para o desenvolvimento regional é fundamental”. O reitor destaca ainda que o retorno da comunidade com todas as ações que a Universidade tem feito está sendo muito positivo, “Isso só reforça nosso papel e comprometimento com a comunidade regional”. A Feevale não parou suas atividades nem um dia desde o início da pandemia. Em todas as áreas de pesquisa o foco tem sido voltado para o desenvolvimento.