Câmara de Vereadores de Santa Rosa devolveu R$ 7,4 milhões aos cofres do município

Câmara de Vereadores de Santa Rosa devolveu R$ 7,4 milhões aos cofres do município

Os vereadores fizeram uma gestão enxuta para conter gastos em meio à pandemia

COLABORE

Prestigiaram do ato o padre Severino Piccinini e o pastor Ivonildo Andrade

publicidade

A Câmara de Vereadores de Santa Rosa devolveu 62% do orçamento próprio para a Prefeitura Municipal, totalizando o retorno de R$ 7,4 milhões aos cofres municipais. A solenidade de devolução dos valores marcou o último ato vereador Aldair Melchior como presidente do Legislativo, e também o encerramento do mandato de Alcides Vicini como prefeito da cidade. 
 
Segundo Aldair, o resultado foi melhor do que o esperado. “O valor total devolvido foi muito maior do que nos anos anteriores. Fizemos uma gestão enxuta, com contensão de gastos e apoio de todos os vereadores. Foi nossa maneira de auxiliar a prefeitura em meio à pandemia”, conta o vereador. No primeiro semestre, na presidência de Cláudio Schmidt, a Câmara devolveu R$ 3.038.000,00, outros R$ 4.404.523,57 foram repassados na gestão de Aldair Melchior, que presidiu o Legislativo no segundo semestre de 2020. A última devolução foi no valor de R$ 700.523,72. 
 
O recurso foi aplicado pelo Executivo em várias ações em prol da coletividade, muitas delas, sugeridas e articuladas pela Câmara. Parte do valor foi para auxiliar no enfrentamento da Covid-19, com a aquisição de testes rápidos. Também foi direcionada uma parcela para o fortalecimento do Fundo de Apoio ao Microcrédito e para a compra de cestas básicas para famílias necessitadas. R$700 mil foi revertido para auxiliar na compra de 9,6 hectares para implantação de um Centro de Distribuição e Logística em Santa Rosa. Além disso, R$ 1 milhão foi aplicado na aquisição da estrutura do Hospital Dom Bosco.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895