Ídolo do futebol alemão, Gerd Müller morre aos 75 anos
patrocinado por

Ídolo do futebol alemão, Gerd Müller morre aos 75 anos

Ex-jogador sofria de Alzheimer desde fevereiro de 2015

AFP

Jogador foi autor de 365 gols na Bundesliga ao longo de sua carreira no Bayern

publicidade

Gerd Müller, lendário atacante da seleção de futebol alemã e do Bayern de Munique nas décadas de 1960 e 1970, faleceu neste domingo aos 75 anos, anunciou o clube bávaro em um comunicado.

"Hoje é um dia triste para o FC Bayern e todos os seus fãs. Gerd Müller foi o maior atacante que já existiu - e uma ótima pessoa, uma personalidade no futebol mundial. Estamos unidos em profunda tristeza com sua esposa Uschi e sua família. Sem Gerd Müller, o FC Bayern não seria o clube que todos amamos hoje. Seu nome e a memória dele viverão para sempre", comentou o presidente do clube bávaro, Herbert Hainer, em um comunicado.

Sofrendo de Alzheimer desde fevereiro de 2015, condição que o Bayern divulgou meses depois, Müller estava internado em um estabelecimento especializado. O pouco que se sabia sobre ele vinha de sua esposa, que descreveu seu estado delicado de saúde - "ele dorme a maior parte do dia" - e disse que Müller "não reclamaria" se perdesse o recorde de gols marcados em uma temporada da Bundesliga.

Sinal do destino, esta marca histórica de 40 gols conquistados na temporada 1971/72 foi superada no final de maio de 2021 por Robert Lewandowski, atacante do 'Rekordmeister'. No Instagram, o polonês homenageou seu antecessor, postando uma foto sua. Campeão mundial em 1974 e europeu em 1972 pela seleção e marcando nas duas finais, Müller detém alguns dos principais recordes do futebol alemão.

Autor de 365 gols na Bundesliga ao longo de sua carreira no Bayern, ele também se destacou com 68 gols em 62 partidas com a camisa da Alemanha Ocidental. A última selou o título da RFA na Copa do Mundo contra a Holanda (2-1), no Olympiastadion, em Munique. Com a 'Mannschaft' assinou 14 gols em duas edições da Copa do Mundo (1970 e 1974).

Por muito tempo foi a pessoa com mais gols em Copas do Mundo, mas em 2006 foi superado pelo brasileiro Ronaldo (15) e depois pelo compatriota Miroslav Klose (16) em 2014. Premiado com a Bola de Ouro em 1970, o 'Torpedo' também conquistou 3 Copas da Europa, 4 ligas alemãs, 4 Copas da Alemanha e uma Recopa. 

Müller "é uma das maiores lendas do Bayern, suas atuações são incomparáveis até hoje e sempre farão parte da grande história do Bayern e do futebol alemão", comentou o ex-goleiro da 'Mannschaft' Oliver Kahn.

Em um breve comunicado postado no Twitter, a seleção alemã prestou homenagem ao 'Torpedo'. "A DFB (Federação Alemã) está de luto por um dos maiores jogadores alemães de todos os tempos. Descanse em paz, Gerd Müller. Nossos pensamentos estão com sua esposa e família".


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895