capa

Agência Mundial Antidoping busca novo fabricante de tubos para exames

Grupo Berlinger anunciou afastamento das atividades

Por
AFP

Anúncio foi feito poucas semanas antes dos Jogos Olímpicos deste ano

publicidade

A Agência Mundial Antidoping (Wada) anunciou que procura um novo fabricante de tubos para os exames antidoping depois da decisão do grupo Berlinger de afastar-se desta atividade. "A Wada iniciou uma fase ativa de exploração para encontrar alternativas para a fabricação de tubos e colabora, para este efeito, com as agências nacionais antidoping e um certo número de agências antidoping", explicou em um comunicado.

O grupo Berlinger anunciou que tomou "a decisão estratégica de afastar-se nos próximos meses desta atividade". "As formas cada vez mais institucionalizadas de doping progrediram ao longo dos últimos anos e mudaram as demandas para os tubos de ensaio", afirmou o diretor geral do grupo, Andrea Berlinger. "Isto prejudica o esporte e é incompatível com nossos valores e nossa competência", completou.

Em janeiro, a poucas semanas dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang, a Wada foi informada pelo laboratório de que os tubos de última geração fabricados pela Berlinger e apresentados como invioláveis "poderiam ser abertos manualmente após o congelamento". A empresa respondeu que seus tubos "não poderiam ser abertos sem deixar um rastro de manipulação", mas parou de fabricar os BEREG-KIT Geneva para retornar a seu antigo modelo, usado nos Jogos Rio-2016.