Bayern supera Barcelona em reencontro com Lewandowski

Bayern supera Barcelona em reencontro com Lewandowski

Liverpool vence Ajax nos minutos finais por 2 a 1

AE

Bayern venceu o Barcelona por 2 a 0, em Munique

publicidade

Robert Lewandowski voltou nesta terça-feira à Allianz Arena, onde deu muitas alegrias ao Bayern de Munique nos últimos oito anos, e saiu de campo derrotado. Agora jogador do Barcelona, o artilheiro polonês não conseguiu balançar a rede e viu os bávaros comemorarem uma vitória por 2 a 0, em jogo válido pela segunda rodada do Grupo C da Liga dos Campeões.

Desde que chegou ao Barça, Lewandowski só não havia marcado em sua estreia, na primeira rodada do Espanhol, contra o Rayo Vallecano. Nos cinco jogos seguintes, somou nove gols, três deles diante do Viktoria Plzen, na estreia pelo torneio europeu. O dia sem inspiração do polonês ajudou o Bayern a alcançar o 30º jogo de invencibilidade em jogos de fase de grupos da Liga dos Campeões, igualando a marca atingida pelo Real Madrid entre 2012 e 2017.

Agora, o time alemão é o único invicto do Grupo C, com seis pontos, contra três do Barcelona, que aparece em segundo. A Inter de Milão, também com três, fez 2 a 0 no Viktoria Plzen, único da chave que ainda não pontuou, em jogo realizado mais cedo nesta terça.

Após não ser utilizado na goleada por 5 a 1 sobre o Plzen, na primeira rodada, o brasileiro Raphinha teve a oportunidade de entrar em campo pela primeira vez em uma disputa de Liga dos Campeões. Começou entre os titulares, formando o trio de ataque ao lado do visado Lewandowski e de Dembélé, e mostrou alguns sinais de nervosismo. Apesar disso, teve alguns bons momentos, como quando arriscou uma boa finalização de fora da área.

As chances mais claras de gol, entretanto, foram em conclusões de Lewandowski. Em sua antiga casa, o polonês não estava tão calibrado quanto o habitual e desperdiçou uma chance que não costuma desperdiçar, ao mandar para fora após dominar muito perto da pequena área. Ainda perdeu um duelo com o goleiro Neuer e foi interceptado pelo lateral Mazroui em outra tentativa. O Bayern chegou bem menos ao ataque e teve quatro finalizações no primeiro tempo contra dez dos visitantes.

A inferioridade ofensiva da etapa inicial foi completamente revertida pelos bávaros em menos de dez minutos no segundo tempo. Embora Raphinha tenha assustado Neuer no primeiro minuto, o Bayern abriu o placar aos cinco, com um gol de cabeça de Lucas Hernández. Passados apenas três minutos, uma boa troca de passes terminou com a bola na rede após um toque de Sané na saída de Ter Stegen.

Os barcelonistas passaram a parte restante do jogo majoritariamente no campo de ataque, mas não souberam aproveitar as chances que teve. Em uma das melhores tentativas, Pedri ficou cara a cara com Neuer, tocou por cima dele e acertou a trave. Depois disso, errou bastante na conclusão das jogadas e saiu de campo sem marcar.

Em Plzen, na República Checa, a Internazionale não teve grandes dificuldades para superar o Viktoria, por 2 a 0, e somar seus primeiros três pontos no Grupo C. O time local perdeu a segunda seguida na competição. A Inter fez um gol em cada tempo. Dzeko abriu o placar, aos 20 minutos de jogo, enquanto Dumfries ratificou a vitória, aos 26 da etapa final.

Liverpool se recupera

Na Inglaterra, o Liverpool voltou a campo após não atuar no final de semana, em razão do adiamento da rodada da liga nacional em respeito à morte da Rainha Elizabeth, e venceu o Ajax por 2 a 1. O time comandado por Klopp vinha de uma derrota por 4 a 1 para o Napoli na rodada de estreia e passou sufoco no Anfield nesta terça, mas alcançou o triunfo nos últimos minutos do segundo tempo, com um gol de Matip.

O Liverpool teve um primeiro tempo de muito volume, não à toa finalizou dez vezes. De qualquer forma, marcou a mesma quantidade de gols que o Ajax, que só chutou duas. Salah abriu o placar aos 17 minutos, em lance iniciado no campo de defesa por Alisson, e o Ajax alcançou o empate com um chute forte de Kudus dentro da área, após falha da defesa inglesa. A virada saiu apenas nos minutos finais do segundo tempo, aos 43, quando o zagueiro Matip fez de cabeça ao aproveitar cobrança de escanteio.

O resultado abre caminho para o Napoli, que joga na quarta contra o Rangers, assumir a liderança do Grupo A. Atual líder por vantagem no saldo de gols, o time italiano está empatado em três pontos com o Liverpool, vice-líder, e o Ajax, terceiro colocado.

Outros jogos

A rodada da Liga dos Campeões teve outras partidas nesta tarde. O belga Club Brugge surpreendeu o Porto com uma goleada por 4 a 0 e assumiu a liderança do Grupo B, com seis pontos. Na mesma chave, o Bayer Leverkusen venceu o Atlético de Madrid por 2 a 0 e ficou em segundo, com três, acima do time espanhol, terceiro colocado. O Porto é o quarto, sem pontuação. Pelo Grupo D, o Eintracht Frankfurt fez 1 a 0 no Olympique de Marselha, celebrou o primeiro triunfo e agora está em terceiro lugar. A equipe francesa ainda não somou pontos, portanto fica com a quarta posição. Em um jogo bastante disputado, o Sporting venceu o Tottenham, por 2 a 0, em Lisboa. Com o resultado, o time português lidera a chave com seis pontos, contra três dos ingleses e dos franceses.

As duas equipes somaram boas oportunidades de marcar nos primeiros 45 minutos. O Tottenham mostrou que o trio formado por Harry Kane, Son e Richarlison, mais entrosado, poderá causar danos a qualquer tipo de rival. Por duas vezes, um melhor posicionamento do atacante brasileiro poderia ter colocado o time inglês em vantagem, mas a posição de impedimento parou o prosseguimento da jogada.

O Sporting apostou na troca rápida de passes e muita velocidade na movimentação de seus atacantes para surpreender a defesa inglesa. Trincão quase abriu o placar, de fora da área, mas foi Edwards, em grande jogada individual, que, por pouco, não abriu o placar no final da etapa inicial.

O domínio do Tottenham aumentou no segundo tempo, apesar da bola ficar mais tempo no pé do Sporting. Com a armação de Perisic, os ingleses pressionaram e os brasileiros quase tiveram sucesso em suas conclusões. Emerson Royal só não marcou por que o goleiro Adan fez bela defesa, enquanto Richarlison, livre, errou cabeçada.

Na parte final, o Tottenham diminuiu a intensidade na marcação e o Sporting aproveitou para entrar mais na área do rival e definir a vitória. Aos 44, Porro obrigou Lloris a fazer uma grande defesa. Na cobrança de escanteio, Paulinho, de cabeça, fez 1 a 0 para os portugueses.

E tinha mais. Aos 48, Arthur Gomes, que havia entrado três minutos antes, fez grande jogada pela esquerda, ao passar por dois marcadores, e colocou no meio das pernas de Lloris. Um golaço.


Mais Lidas

Confira a programação de esportes na TV desta terça-feira, 23 de abril

Opções incluem eventos de futebol e outras modalidades esportivas em canais abertos e por assinatura



Placar CP desta terça-feira, 23 de abril: confira jogos e resultados das principais competições de futebol

Acompanhe a atualização das competições estaduais, regionais, nacionais, continentais e internacionais

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895