Bayern vence clássico contra Dortmund e é campeão alemão pela 10ª vez seguida

Bayern vence clássico contra Dortmund e é campeão alemão pela 10ª vez seguida

Com os gols de Serge Gnabry e Robert Lewandowski no primeiro tempo, o time bávaro já tinha a vitória bem encaminhada

AFP

Com o resultado, o Bayern chega aos 75 pontos na tabela

publicidade

O Bayern de Munique confirmou neste sábado seu 10º título consecutivo do Campeonato Alemão ao derrotar o Borussia Dortmund por 3 a 1 na Allianz Arena, em jogo válido pela 31ª rodada.

Com os gols de Serge Gnabry e Robert Lewandowski no primeiro tempo, o time bávaro já tinha a vitória bem encaminhada. Na segunda etapa, o Dortmund chegou a descontar com Emre Can, Jamal Musiala fez o terceiro e deu números finais à partida.

Com o resultado, o Bayern chega aos 75 pontos na tabela, 12 à frente do próprio Dortmund, vice-líder, e não pode mais ser alcançado.

Além do título do Bayern, hoje também foi confirmado o rebaixamento do lanterna Greuther Furth, que perdeu em casa para o Bayer Leverkusen.

Apesar de sair atrás no placar, o Leverkusen conseguiu a virada com gols de Patrik Schick, Sardar Azmoun e do brasileiro Paulinho (ex-Vasco) e se manteve na terceira colocação, muito vivo na luta por uma vaga na próxima Liga dos Campeões da Europa.

O Furth, que ocupa a lanterna desde setembro, repete a campanha de sua única experiência anterior na primeira divisão, na temporada 2012-2013, quando terminou na última posição.

Outro dos candidatos ao rebaixamento, o Arminia Bielefeld foi derrotado pelo Colônia fora de casa por 3 a 1 e acumula oito jogos sem vencer na Bundesliga, sendo sete derrotas e um empate.

Na briga por vaga nas competições europeias, o Union Berlin (6º) venceu o RB Leipzig (4º) por 2 a 1 e se vingou da eliminação da Copa da Alemanha na última quarta-feira.

Por sua vez, Eintracht Frankfurt (9º) e Hoffenheim (8º) empataram em 2 a 2, um resultado ruim para ambas as equipes. Freiburg (5º) e Borussia Mönchengladbach (11º) também ficaram no empate (3 a 3) na rodada.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895