Chapecoense abre diferença, mas cede empate ao Goiás
capa

Chapecoense abre diferença, mas cede empate ao Goiás

Time catarinense segue afundado na zona do rebaixamento após 2 a 2 em casa

Por
Estadão Conteúdo

publicidade

A Chapecoense chegou a abrir 2 a 0 sobre o Goiás, neste domingo, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas o Goiás buscou o empate e a partida terminou em 2 a 2, na Arena Condá. A equipe catarinense fez seus dois gols na primeira etapa, enquanto o Goiás arrancou a igualdade no segundo tempo. O empate até faz a Chapecoense sair da lanterna, mas aumenta o calvário do time na disputa. Com 17 pontos, mesmo número do Avaí, leva vantagem sobre o rival catarinense no saldo de gols (-21 contra -27).

O mandante segue em um longo jejum sem vitórias - são 12 rodadas. A última ocorreu em 18 de agosto sobre o Avaí, por 1 a 0. Contratado para livrar o time do rebaixamento, o técnico Marquinhos Santos ainda não ganhou - são cinco derrotas e três empates. O Goiás, com 28 pontos, é o décimo colocado, com 38 pontos e completa três jogos sem derrota no Brasileirão - são dois empates consecutivos.

O time da casa entrou em campo disposto a voltar a vencer e deixar a lanterna. Melhor na etapa inicial, criou a primeira chance aos 19 minutos, com Roberto de cabeça. Depois abriu o marcador aos 22, quando Camilo cobrou escanteio e Everaldo de cabeça marcou seu nono gol na competição. Sete minutos depois, a Chapecoense ampliou, com Henrique Almeida de pênalti, que ele mesmo sofreu.

Everaldo quase fez mais um ao chutar de longe aos 37 minutos, mas Tadeu fez grande defesa. No final, Rafael Vaz, de falta, quase diminuiu para o Goiás. O goleiro João Ricardo espalmou para fora. O time visitante voltou com outra postura para a etapa final, agredindo mais. Logo aos três minutos, diminuiu o marcador. No bate e rebate dentro da área da Chapecoense, após chute de Kaio, a bola sobrou para Rafinha que completou para as redes.

O time goiano chegou mais uma vez aos 11 minutos com Fábio Sanches de cabeça, mas João Ricardo fez excelente defesa. Melhor em campo, o Goiás buscava o empate. No final, conseguiu. Rafael Vaz, aos 38 cobrou falta com força e no ângulo, sem chance para a defesa de João Ricardo. A bola passou pela barreira, que abriu.